terça-feira, 31 de março de 2009

POLÍTICOS, CAFÉ, SEDUÇÃO E PODER: UMA VELHA REFLEXÃO SOBRE UMA NOVA MOÇADA QUE ENTROU NO PODER


Ouvi desde criança que política é coisa séria e sempre acreditei nisso; depois fui crescendo e descobrindo que a política é realmente séria, pois trata de atitudes que mechem com a vida, mais o que não são sérias – são as pessoas que conduz a política. A moçada joga a própria dignidade pelo ralo em função do poder e prometem o mundo, o fundo e a tampa sabendo que não vão poder cumprir. É um crime premeditado, enganam o povo que tem boa fé e esperança de um amanhã menos negro e aí acabam entrando pelo ralo e levando todos juntos.

Política é coisa séria; o que não é sério é o povo que acredita em adesivo, em frases criativas, em slogans sedutores que prometem mudança, falam em nome de Deus – para justificar a veracidade de seus atos, mostram-se sensíveis às causas sociais, abraçam os mais pobres e fazem questão que todos vejam isso. Visitam nossas casas e nos faz nos sentir importantes com isso, e em nosso sofá prometem emprego para nossos filhos, dizem que a cidade precisa urgentemente de alguma ação, comentam os defeitos do adversário que está fazendo a mesma coisa em algum outro ponto da cidade.

Usam pontos críticos como saúde, usufruindo das doenças do povo para seduzir o voto, prometem segurança e usam do medo da dona de casa para mostrar para ela que o tal candidato é a solução para as atrocidades que vem acontecendo, tomam um cafezinho, embora já nem suportem mais tanto café que já beberam no mesmo dia – o povo pobre só tem café para servir. E aí deixam mil promessas e a pessoa que, embora já tenha ouvido o mesmo discurso há algum tempo atrás, insiste em acreditar, pois afinal é melhor acreditar em alguma coisa do que não ter absolutamente nada para acreditar.
E depois...
Eles já não falam mais conosco, não visitam mais as nossas casas, não bebem mais do nosso café, não se lembram do que prometeram a pouco tempo atrás, embora tenham dito que aquilo não era promessa, era compromisso. Todos gostam de dizer isso, é chique e até parece verdadeiro, mais infelizmente eles só falam para seduzir, para te fazer acreditar. O realizar...isso é bobagem. Fica mais barato beber café e prometer tudo de novo daqui a quatro anos.

Política é coisa séria. Sério não sou eu que podia escrever qualquer outra coisa, mais resolvi gastar tempo e espaço com isto.

Abraço Fraterno a todos.

Thiago Mendes

COM QUE CARA VOCÊ ESTÁ HOJE?


Escolha sua cara e seja bem vindo à vida.

Escolha seu sorriso ou seu choro; escolha a lágrima ou a festa; escolha a luz e não as trevas; escolha o bem e não o mau, escolha ser você e não o seu ator de TV preferido, escolha amar a vida e a todos e não odiar; escolha estender a mão, e não ter a mão estendida para você. Escolha ser caminho, ser referencia, ser direção. Lembre-se de uma coisa: Você é quem escolhe com que cara, com que mundo, com que face as pessoas vão se deparar quando se encontrarem com você.


Com muito carinho e de cara boa,


Thiago Mendes

sexta-feira, 27 de março de 2009

Eu e meu Universo

Cada ser humano está tão preocupado consigo mesmo que chega ao absurdo de não ver mais nada no Universo a não ser a si mesmo. Os olhos se embaçam na capacidade morta de ver apenas aquilo que está relacionado consigo mesmo. Há pessoas que não conseguem ouvir a ninguém, afirmando sem palavras que não há ninguém no mundo que tenha coisas tão interessantes para dizer como ele tem. Há pessoas que em um jornal que sai a sua foto em todo o jornal ele só vê a si mesmo e não dá atenção para mais nada que está lá.

Quero te dar um conselho do fundo do meu coração: perceba a vida que acontece á sua volta. Dê atenção ao que os outros dizem e muitos te darão atenção quando você disser algo.

Abraço Fraterno,

Thiago Mendes

quinta-feira, 26 de março de 2009

A IRMÃ E O COMERCIANTE


Uma fervorosa cristã esforçava-se para desenvolver seu amor ao próximo.
Mas sempre que ia ao mercado um comerciante insistia em fazer-lhe propostas indecorosas.


Certa manhã chuvosa, o homem apareceu para importuná-la mais uma vez.
Descontrolada, ela pegou seu guarda-chuva e bateu no rosto do comerciante, ferindo-o.
Nesta mesma tarde, foi procurar o seu pastor e relatou o ocorrido. “Tenho vergonha”, disse.


“Não consegui controlar meu ódio”.
“Você agiu errado em odiá-lo”, respondeu o sábio pastor. “Da próxima vez que ele lhe disser algo, encha seu coração de bondade. E torne a bater com seu guarda-chuva, desta vez mais forte, porque ele só entende essa linguagem”.

Que abençoe a todos nós,

Thiago Mendes

quarta-feira, 25 de março de 2009

VOCÊ É UM ABENÇOADO?


No último domingo eu falei no Sermão do Culto da Noite em nossa igreja em Piracanjuba, sobre o ser que é abençoado e o ser que vive a procura de bênçãos. E expus o problema de Jacó e Esaú. Jacó era o ser que é sempre abençoado E vive carregando sobre si apenas o peso e a certeza de estar sendo seguido pela benção de Deus. Já o Esaú é o tipo de pessoa que negocia a benção em função de soluções imediatas. É o mesmo significado de Abraão e Ló.


Abraão era abençoado e sabia que até no deserto havia comida suficiente para o seu grande rebanho. Já Ló com sua infeliz esperteza de ver apenas aquilo que os olhos enxergavam, viu as Campinas do Jordão e preferiu confiar na aparência do natural. Para quem conhece a história sabe que Abraão prosperou no deserto e teve sua descendência multiplicada sob a face da Terra, porque tinha a benção e Ló morreu depois de cometer incesto com suas filhas, pobre, sem mulher e na miséria.

O que eu quero te dizer é: tenha na mente apenas a preocupação de Abraão e de seu neto Jacó: a preocupação de ser abençoado. Quem é abençoado faz minar água no deserto, faz da tristeza um mar de alegrias sem fim.

Receba meu carinho e minhas orações.

Na benção,


Thiago Mendes

terça-feira, 24 de março de 2009

FELICIDADE: TEM ESPAÇO PRA VOCÊ!


O longo caminho para dentro de mim mesmo precisa passar pelos trilhos da humildade. Sem humildade eu jamais irei me conhecer, conhecer meus defeitos, meus pontos fracos, minhas infantilidades e os pontos em que preciso imediatamente melhorar. Quem deseja se conhecer, precisa olhar a si mesmo como quem olha para uma criança que caminha solitária no meio de uma noite escura e fria; ou seja, olhe para você com olhos de quem está precisando de cuidado. Olhe para você como alguém que precisa ser amada.

O segundo passo para quem deseja conhecer a si mesmo é olhar para si com orgulho de um imperador da história. Olhe para você mesmo como alguém que tem capacidade para cuidar de muitos. Olhe para dentro de si, com a força de quem tem capacidade para liderar, mostrar o caminho e zelar de quem precisa de seu zelo.

Olhe para a vida com naturalidade e não faça do existir algo pesado e cansativo. Se esforce o máximo para não ser preciso se esforçar. Procure unir seus sonhos com os talentos que a Vida resolveu lhe dar. Sonhos contrários aos talentos só podem ser conquistados com exaustivo esforço, mais quando unimos os talentos com os sonhos viver se torna tão leve, tão bom.

Olhe para dentro de si com um olhar orgulhosamente humilde, conheça a você mesmo e a seus talentos e a partir disso, parta direto para o desafio de ser a pessoa mais feliz do Universo.

No mundo da felicidade ainda há vagas, é só entrar, sentar um pouco, sorrir e fazer da vida a coisa mais maravilhosa que existe.

Você tem esse direito.

Abraço Fraterno,

Thiago Mendes

segunda-feira, 23 de março de 2009

A MULHER, O SÁBIO E AS FLORES DA PRIMAVERA



Um velho sábio chinês estava caminhando por um campo de neve, quando viu uma mulher chorando.
“Por que choras?”, perguntou ele.
“Porque me lembro do passado, da minha juventude, da beleza que via no espelho, dos homens que amei. Deus foi cruel comigo porque me deu memória. Ele sabia que eu ia sempre recordar a primavera de minha vida, e chorar”.
O sábio ficou contemplando o campo de neve, com o olhar fixo em determinado ponto. A certa altura, a mulher parou de chorar.
“O que estás vendo aí?”, perguntou.
“Um campo de rosas”, disse o sábio. “Deus foi generoso comigo porque me deu memória. Ele sabia que, no inverno, eu poderia sempre recordar a primavera, e sorrir”.

Se perder tudo, mantenha a Fé, a Esperança e o amor.

Abraço Fraterno,

Thiago Mendes



sexta-feira, 20 de março de 2009

O HOMEM SIM E O HOMEM NÃO – LEIA E REFLITA!



Uma das coisas mais nobres de um ser – humano é o poder que ele tem de poder decidir entre dizer sim e dizer não. O total controle de nossas vidas não está nas mãos de governantes distantes, ou de personalidades artísticas; o poder maior em nossas vidas está em um sim ou em um não. Um sim pode nos levar para longe e pode nos deixar quietos onde estamos. Quando desejamos nos casar corremos atrás, organizamos tudo, sofremos, comemos as unhas, nos enlouquecemos com a falta de dinheiro para a festa; mais nada disto seria útil sem um sim no altar – um sim e um não tem o poder de carimbar a nossa eternidade. Jesus disse que com aqueles que O servem a vida precisa ser fundamentada sobre os pilares de um sim-sim ou de um não-não, ou seja, o poder de decidir sua vida está no seu sim ou em seu não. O bom homem não é aquele que apenas fala sim-sim para todos; mais aquele que sabe a hora certa de dizer sim e a hora certa de dizer não.

Quer viver uma vida de sucesso, de bênçãos, de vitórias...

Sim ou não!?

Receba meu carinho com um SIM para a vida...

Fé, esperança e amor.

Thiago Mendes


quinta-feira, 19 de março de 2009

Onde Deus está?



Um rei, preocupado com o bem-estar do seu povo, foi procurar um profeta que vivia perto do seu palácio. O homem tinha fama de santo, e corria a lenda de que conversava com Deus.
“Diga-me, santo homem: como posso conseguir encontrar Deus?”, perguntou o rei. “Estou precisando Dele para ajudar meu povo”.
“Ore”, respondeu o profeta. “Ele sempre ouve as nossas orações”.
“Quero encontrar-me com Ele”, insistiu o rei. “E lhe darei 10 moedas de prata se você me disser onde Ele está”.
O profeta foi até o armário, e pegou um saco de moedas.
“Pois eu lhe darei estas 50 de ouro, se você conseguir me dizer onde Ele não está”.


Ele está aí, ao seu lado neste momento.


Receba meu carinho e minhas orações.


Thiago Mendes

quarta-feira, 18 de março de 2009

PRECISO MUDAR A MIM MESMO


O homem santo reuniu os seus amigos. “Estou velho”, disse ele.
“E sábio”, respondeu um dos amigos. “Sempre te vimos orando durante todo este tempo. O que conversas com Deus?”
“No começo, eu tinha o entusiasmo da juventude. Pedia a Deus que me desse forças para mudar a humanidade. Aos poucos, percebi que isto era impossível. Então passei a pedir a Deus que me desse forças para mudar quem estava a minha volta”.
“Agora já estou velho, e minha oração é muito mais simples. Peço a Deus o que devia ter pedido desde o começo”.
“O que pedes?”, insistiu o amigo.
“Peço para que consiga mudar a mim mesmo”.
QUEM TEM OUVIDOS PARA OUVIR, OUÇA,
THIAGO MENDES

terça-feira, 17 de março de 2009

O QUE EU PRECISO FAZER PARA SER ACEITO?



Diz uma bela página da literatura árabe, citada por Mansur Chalita: “a metade do mundo sempre te será adversa: se fores bom, os maus te combaterão; se fores mau, os bons te combaterão”.
É claro que existe ainda uma terceira possibilidade: não ser nem bom, nem mau. Isto significa não tomar uma posição diante da vida, passar o tempo todo fingindo não perceber o que acontece a nossa volta.
Quem age assim não tem metade do mundo lutando contra si; tem o mundo inteiro contra. Por mais que tente agradar, só consegue desagradar a todos. Dá uma mão e um braço é pedido. Tenta corresponder a uma expectativa e termina decepcionando mais ainda.
Bem feito. Porque quem age assim está evitando os desafios que todos nós temos que enfrentar.

O que eu preciso fazer para ser aceito?
Eu respondo, com toda convicção!
O que eu preciso fazer para ser aceito? Preciso aceitar a mim mesmo!

Abraço Fraterno,

Thiago Mendes

sexta-feira, 13 de março de 2009

A Vida vivendo em mim



Não permita que sua alma se torne amarga por um ou outro pão amargo que porventura a vida lhe obrigue a comer. Não permita que sentimentos como inveja, raiva ou rancor habitem o seu interior. Por favor, entenda que é o perdão que lava a alma que esfregada com a força da ira, e molhada com algumas lágrimas depois de lavada não se lembra mais do que aconteceu.

Seja feliz, humilde, transparente, simples e permita que a Vida viva em você.

É simples, pois hoje inicia o congresso e realmente estou bastante atarefado.

Abraço fraterno,

Thiago Mendes

quinta-feira, 12 de março de 2009

QUEM É VOCÊ?



Se você acorda amando alguém hoje e odiando amanhã, se você acorda sorrindo hoje e chorando amanhã, se você acorda cheio de certezas hoje e de dúvidas amanhã, se ontem você se sentia um vencedor e hoje você acordou se achando o pior dos derrotados, se ontem ao sair da cama você estava louco pelo sol e pela vida e hoje tudo que você queria era não ter que precisar enfrentar mais um dia, se ontem o pé que desceu primeiro da cama foi o direito e hoje o esquerdo. Se o dia de ontem foi “bom” aos seus olhos e o hoje está sendo “péssimo”, então parabéns.

Parabéns pra você que ousa ser diferente, nem o Rio Amazonas que carrega o mesmo nome há anos e anos jamais foi o mesmo de um dia para o outro. A pessoa que cresce é aquela que está em constante transformação, mesmo que preferisse que este dia chamado hoje, jamais tivesse acontecido. Espere: a noite chegará, poderá até ser longa, mais amanhã de manhã, tudo será diferente e você será um novo homem, uma nova mulher.

Tudo está no crer – então creia!

Com todo carinho do mundo,

Thiago Mendes

quarta-feira, 11 de março de 2009

O DIA EM QUE OS SÁBIOS RESOLVERAM BRIGAR ENTRE SI



Um mestre viajava a pé com seus discípulos, quando reparou que discutiam entre si quem era o maior entre eles.
“Busco a Deus incansavelmente há 15 anos”, dizia um.
“Faço caridade desde que saí da casa de meus pais”, dizia outro.
“Sempre segui os ensinamentos de Cristo”, dizia um terceiro.
Ao meio-dia, pararam debaixo de uma macieira para descansar. Os galhos estavam carregados, e vergavam até o chão com o peso das frutas.
Então o mestre falou: “quando uma árvore está carregada de frutos, seus ramos se abaixam e tocam o chão. Quanto mais frutos se têm, mais baixo se torna o galho que os carrega. Desta maneira, o verdadeiro sábio é aquele que é humilde, que se aproxima do chão com o seu frutificar”.
“Quando uma árvore não tem frutos, seus ramos são arrogantes e altivos. Desta maneira, o tolo sempre se crê maior que seu próximo”.

terça-feira, 10 de março de 2009

SERÁ QUE VOCÊ JÁ COMETEU ESTE PECADO?


Um homem reclamou com Deus que toda a humanidade estava no Céu. Embora fosse bom Deus também era justo, e pediu ao arcanjo Miguel que lesse em voz alta os mandamentos.
- Quem pecou contra o primeiro, levanta a mão - disse Deus. Vários levantaram, e o Senhor pediu que fossem para o inferno. E assim foi, mandamento por mandamento, cada vez com um pequeno grupo descendo. Mas no sexto - “não cometer pecado sexual”, quase todo mundo levantou a mão.
Triste Deus viu a multidão inteira descer. Sobrou apenas o tal homem e duas mulheres. “Bem, pelo menos existem três pessoas obedientes”, disse.
“É verdade”, respondeu Miguel. “Mas o homem é impotente, e as mulheres jamais conseguiram amar ou serem amadas”.
Bem, não pecar por incapacidade não é virtude - disse Deus.
Chama todo mundo de volta. E mande-os descer. Quem não pode amar, não pode também viver no paraíso.

Minha única intenção neste texto é mostrar que todos pecamos e o pior dos pecados é julgar o pecado do outro como sendo mais grave que o meu, embora ambos sejam o mesmo. Não confunda, por favor, com questões teológicas!

Com carinho,


Thiago Mendes

segunda-feira, 9 de março de 2009

O HOMEM QUE SEMPRE QUIS, MAIS JAMAIS TENTOU





Um homem muito piedoso viu-se, de repente, privado de todas as suas riquezas. Sabendo que Deus era capaz de ajudá-lo em qualquer circunstância, começou a rezar:
“Senhor, faz com que eu ganhe na Loteria”, pedia ele.
Durante anos e anos rezou, e continuou pobre. Finalmente chegou o dia de sua morte, e - como era muito piedoso - foi direto para o céu. Lá chegando, recusou-se a entrar. Disse que vivera toda a sua existência de acordo com os preceitos religiosos que lhe ensinaram, e que Deus jamais fizera com que ganhasse na Loteria. “Tudo que o Senhor prometeu não passa de uma mentira”, disse o homem, revoltado.
“Estive sempre pronto para ajudá-lo a ganhar”, respondeu o Senhor.
“Entretanto, por mais que eu quisesse ajudá-lo, você nunca comprou um bilhete de Loteria”.

Deus só faz aquilo que nós não podemos fazer.

Arrisque, assim, você estará construindo a estrada para que Deus venha lhe ajudar. O risco, a fé, o sacrifício é a estrada usada por Deus até nós.

Ajude a Deus lhe ajudar, arrisque!

Thiago Mendes



domingo, 8 de março de 2009

QUANDO DEIXAMOS NOSSO AMOR PARTIR PARA LONGE...


"Quanto postei esta carta, imaginei que estava colocando minha felicidade dentro de um envelope e a despachando para longe, muito longe. Na nossa vida é assim, vivemos despachando a nossa felicidade, e o pior é que ela pode simplesmente não voltar nunca mais. O Universo resolve ser generoso e nos dar o direito de ser felizes, mais precisamos estar cientes de que isto não acontece todos os dias. Uma oportunidade de arranjar o trabalho dos sonhos, ou cursar a faculdade que desejamos ou viver ao lado do amor da nossa vida geralmente só passa pela via de nossa existência uma única vez e quando ela passar precisamos estar atentos para não postá-las em algum correio e mandá-la para lugares distantes de nossa realidade.

"A pessoa que mais nos faz sofrer somos nós mesmos e tenho certeza que se aproveitarmos a Única Tela para pintar a vida com as melhores cores que possuímos, seremos pessoas felizes e realizadas, mais se deixamos o carteiro levar nossa única chance ficamos frustrados com nós mesmos, pois a vida escolheu nos entregar a felicidade de graça, mas nós a mandamos embora. Pelo menos foi o que aconteceu comigo e com toda sinceridade, espero que não seja assim com mais ninguém neste mundo".


Dináh depois de responder a primeira carta.


Retirado de "AS COISAS QUE A VIDA ESQUECEU DE ME ENSINAR" - 2009 - THIAGO MENDES


sexta-feira, 6 de março de 2009

O HOMEM QUE TENTOU ENGANAR A SI MESMO. E CONSEGUIU.


Um homem de espírito atormentado jurou certa vez que se conseguisse resolver seus problemas venderia sua casa e daria o dinheiro aos pobres.
Da noite para o dia os problemas foram resolvidos.
Já sem a pressão do sofrimento, o homem bolou um estratagema: venderia a casa por uma moeda de prata. Mas junto com a casa, o comprador teria que levar seu gato, que custava vinte mil moedas de prata.
Assim ele fez. Vendeu a casa, deu uma moeda de prata aos pobres e embolsou o resto.
Depois de certo tempo, todos os seus problemas voltaram - e agora já não tinha nada para oferecer.

Quando achamos que estamos enganando o mundo inteiro, estamos fazendo de nós mesmos os mais enganados. Não há esperteza que não seja desmascarada pelo tempo e pela vida.

Abraço Fraterno,

Thiago Mendes

terça-feira, 3 de março de 2009

A CIDADE ONDE TODOS ERAM FELIZES; MENOS O PREFEITO



Uma velha lenda peruana nos fala de uma cidade onde todos eram felizes.
Todos faziam o que desejavam, e se entendiam bem - menos o prefeito. Este vivia infeliz porque não conseguia governar nada. A prisão estava vazia, o tribunal nunca era usado, e o tabelião não dava nenhum lucro, porque a palavra valia mais que o papel.
“Falta autoridade aqui”, pensava o prefeito. E tentava, de todas as maneiras, fazer com que as pessoas obedecessem às leis absurdas criadas pelo governo central. Ninguém dava bola.
Até que o prefeito teve uma idéia. Mandou vir operários de longe, que fecharam o centro da praça principal da cidadezinha com um tapume, e começaram a construir algo. Durante uma semana, ouviu-se martelos batendo, serras cortando madeira, vozes de comando dos capatazes.
No final desta semana, o prefeito convidou a todos da cidade para a inauguração.
Na cidade onde todos eram felizes - menos o prefeito, porque não tinha como usar sua autoridade - a multidão compareceu em massa para ver o que ia ser inaugurado na praça.
Com toda solenidade, os tapumes foram retirados, e apareceu… uma forca. Novinha em folha, com a corda balançando ao vento, e as ferragens do alçapão bem lubrificadas.
A partir daquele momento, todo mundo que passava pela praça via a forca.
As pessoas foram ficando tristes, sem ter certeza de que estavam agindo certo. Começaram a se perguntar o que aquela forca estava fazendo ali - e, com medo, passaram a ir na Justiça resolver qualquer coisa que antes era resolvida de comum acordo. Passaram a ir ao tabelião, registrar documentos que antes eram substituídos pela palavra. E passaram a escutar o prefeito em tudo, com medo de ferir a lei.
A lenda termina dizendo que a forca nunca foi usada. Mas bastou sua presença para mudar tudo.

A cidade se transformou no lugar onde todos eram tristes, menos o prefeito.
Reflita bem e procure não viver problemas que só existem na sua cabeça.

Abraço Fraterno,

Thiago Mendes

segunda-feira, 2 de março de 2009

PENSAR ATÉ MESMO ANTES DE PENSAR



O velho acordou e reparou que seu machado não estava no lugar onde havia colocado. Foi até a janela, e viu o vizinho sentado em sua varanda.
“Ele deve ter roubado minha ferramenta”, pensou o velho. “Veja como tem cara de ladrão, jeito de ladrão, olhar de ladrão”.
Ao meio-dia, enquanto arrumava algumas coisas, o velho reparou que o machado estava atrás de um móvel.
Naquela tarde, ao sair de casa para dar um passeio, cumprimentou o vizinho e seguiu adiante, pensando: “como é bom morar junto de alguém que tem cara honesta, jeito honesto, e olhar honesto”.
(Creio que todos nós, em algum momento de nossas vidas, já nos comportamos como este velho).


Pensar antes de pensar, seria necessário!


Thiago Mendes

Daqui pra frente!

Vai com fé que dá. Você já tem muita luz, são se ofusque. Não se acanhe com olhares de reprovação. Não se abale com comentários negativ...