quarta-feira, 27 de maio de 2009

sem postagens

Publicações só a patir do dia 10 - Off -

A misericordia, o ermitão e o monge que pecou


Um dos monges do mosteiro de Sceta cometeu uma falta grave, e chamaram o ermitão mais sábio para que pudesse julgá-lo. O ermitão se recusou, mas insistiram tanto que ele terminou por ir. Antes, porém, pegou um balde de e furou-o em vários lugares. Depois encheu o balde de areia e se encaminhou para o convento.
O superior, ao vê-lo entrar, perguntou o que era aquilo. "Vim julgar meu próximo", disse. "Mas meus pecados estão escorrendo atrás de mim, como a areia escorre deste balde. Mas, como não olho para trás, e não me dou conta dos meus próprios pecados, fui chamado para julgar o meu próximo e estou aqui para isso!

Os monges desistiram da punição na mesma hora.

Nosso problema é que somos muito severos em relação ao erros dos outros, e excessivamente misericordiosos em relação aos nossos.

Que isso sirva para a nossa vida,

Thiago Mendes

terça-feira, 26 de maio de 2009

Deus se diverte com Sua criação


Esta é uma tradução livre da carta atribuída a um menino chamado Andrew, de oito anos, e publicada no jornal “A Ponte do Arco Íris”, de West Sedona(EUA):
“Boa noite, Deus”.
“Espero que você esteja se divertindo, depois de ter resolvido transformar-se em Mundo, pois minha mãe diz que tudo que vemos é parte de você. Eu gosto muito de suas brincadeiras, como a ter feito chover na semana passada, para que as plantas e as árvores pudessem continuar existindo”.
“Deus, estou feliz por ter que sobreviver em cima de você. Você tem umas ideias incríveis, como, por exemplo, fazer cair as folhas no final do verão: é genial, e faz com que a gente entenda que as coisas mudam”.
“Eu gosto de senti-lo em todas as partes da Terra. Eu gosto de caminhar por seus braços e pernas. Por isso, espero que esteja se divertindo, transformado em mundo”.
Teologicamente falando Deus não é o mundo, nem o mundo é Deus, isso seria um pensamento panteísta e portando contrário ao que todos sabem que creio. Todavia, o mundo pode ser visto também como a manifestação da boa brincadeira de Deus.

Tenho pregado estes dias a mensagem: “RESGATADO A IMAGEM PERDIA” e em um dos principais tópicos falo da empolgação de Deus na gosmogonia. Em cada coisa criada, “Deus via que era bom”. Se ele via que era bom, ele estava se divertindo enquanto criava....é bom...


Abraço Fraterno,

Thaigo Mendes

segunda-feira, 25 de maio de 2009

O pastor, Juan e a Brasa


Juan ia sempre aos serviços dominicais de sua congregação. Mas começou a achar que o pastor dizia sempre as mesmas coisas, e parou de frequentar a igreja.
Dois meses depois, em uma fria noite de inverno, o pastor foi visitá-lo.
“Deve ter vindo para tentar convencer-me a voltar”, pensou Juan consigo mesmo. Imaginou que não podia dizer a verdadeira razão: os sermões repetitivos. Precisava encontrar uma desculpa, e enquanto pensava colocou duas cadeiras diante da lareira, e começou a falar sobre o tempo.
O pastor não disse nada.
Juan, depois de tentar inutilmente puxar conversa por algum tempo, também calou-se.
Os dois ficaram em silêncio, contemplando o fogo por quase meia-hora.
Foi então que o pastor levantou-se, e com a ajuda de um galho que ainda não tinha queimado, afastou uma brasa, colocando-a longe do fogo.
A brasa, como não tinha suficiente calor para continuar queimando, começou a apagar. Juan, mais que depressa, atirou-a de volta ao centro da lareira.
“Boa noite”, disse o pastor, levantando-se para sair.
“Boa noite e muito obrigado”, respondeu Juan. “A brasa longe do fogo, por mais brilhante que seja, terminará extinguindo rapidamente. O homem longe dos seus semelhantes, por mais inteligente que seja, não conseguirá conservar seu calor e sua chama. Voltarei à igreja no próximo domingo”.


sexta-feira, 22 de maio de 2009

SOLDADO DA PAZ - não deixe de ler!


Sun Tsu descreveu no clássico “A arte da guerra”, escrito há 3.000 anos, algumas das táticas usadas pelo Soldado da Paz.
“Faça seu inimigo acreditar que não conseguirá grandes recom¬pensas se decidir atacá-lo. Assim, você diminui o entusiasmo dele”.
“Não tenha vergonha de retirar-se provisoriamente do combate, se perceber que o inimigo está mais forte. O importante não é a batalha isolada, mas o final da guerra”.
“Entretanto, se você estiver bastante forte, não tenha vergonha de fingir-se de fraco. Isto fará com que seu inimigo perca a prudência, e ataque antes da hora”.
“Numa guerra, a capacidade de surpreender o adversário é a chave do sucesso”.


Na dúvida, espere o sol nascer,

Thiago Mendes

quinta-feira, 21 de maio de 2009

A PAIXÃO QUE MOVE O MUNDO


O que move o mundo é a Paixão. Tudo é edificado através dela. As grande construções que aparecem arranhando os céus, são levantados por apaixonados em engenharia, que administram pedreiros apaixonados ou no trabalho, ou na família que precisam sustentar através do trabalho. Os estádios de futebol ficam lotados, e isso é justificado pelo que eles chamam de paixão pelo time do coração. Na época de eleições, as ruas são tomadas, adesivos são pregados em carros, bandeiras colocadas em casas, as pessoas gritam nomes de candidatos, tudo por uma chamada paixão.
Esses dias tenho sentido uma paixão tão forte em meu coração como jamais senti antes em toda a minha vida. Paixão pelo meu SEnhor e pelas pessoas que precisam imediatamente ouvir a Boa Nova. Já preguei nas praças da vida, em bancos, em cadeia, em congressos, em células, e digo que sempre o fiz com toda paixão. Mais o que sinto agora é mais intenso, mais maduro, mais penetrante. Quero pregar com mais poder, falar com mais força, anunciar com mais – com toda certeza. Quero ser mais apaixonado. Talvez o que falta hoje para muitos é paixão. Quero espalhar essa paixão.



Tudo que eu quero meu Senhor, é te amar mais e mais.

Apaixonado,

Thiago Mendes

quarta-feira, 20 de maio de 2009

O pior de todos os passos é o primeiro (Suicídio)


Um psiquiatra conta que, ao contrário da crença popular, que atribui a escuridão à capacidade de deprimir as pessoas, a maior parte dos suicídios ocorre de manhã.
É justamente no momento de acordar que o depressivo vê-se diante de sua maior dificuldade: enfrentar um novo dia.
Isto nos leva a considerar o velho ditado árabe: o pior de todos os passos é o primeiro.
Quando estamos prontos para uma decisão importante, todas as forças se concentram para evitar que sigamos adiante.
Já estamos acostumados com isto. É uma velha lei da física: quebrar a inércia é difícil.
Como não podemos mudar a física, concentremos a energia extra e conseguiremos dar o primeiro passo. Depois o próprio caminho ajuda.

Olhe para a frente, veja o quanto tudo ainda é possível, dê o primeiro passo e siga em frente...

Abraço Fraterno,

Thiago Mendes

terça-feira, 19 de maio de 2009

COMO TRATAR DEUS BEM?


Servir a Deus é servir aos pequeninos que aqui vivem. Tratar Deus bem é tratar bem o amigo da esquina, o vendedor ambulante que oferece algo do seu menor interesse, é tratar bem, o cara da lanchonete que não te atende da melhor maneira possível. Receber bem Deus é receber algum andarilho e lhe oferecer um prato de comida com o melhor pedaço de carne da panela.

Ser simpático com Deus é ser simpático na escola com cada um que cruza o seu caminho.
Com muito carinho,

Thiago Mendes

segunda-feira, 18 de maio de 2009

O amor e a presença de Deus...


Este final de semana foi único pra gente lá em casa, afinal todo mundo estava lá. Minha mãe, minha vó, tias, tios, primos, amigos, irmãos, todos vivendo momentos de tenra alegria e amor.

O dia todo falando sobre coisas “irrelevantemente-importantes”, brincando um com o outro, a pastora servindo o tempo todo com o amor que ela tem para servir, cada um querendo ajudar com alguma coisa; mas o mais engraçado foi na hora de ir embora. Ninguém queria ir. Cada um arrumava uma desculpa pra ficar um pouco mais. Sempre prorrogando para um minuto depois, como quem acorda de manhã com preguiça e fica planejando: "Só mais um minutinho e me levanto".
E nisso, tenho toda certeza que o amor e a presença de Deus, faz toda a diferença.

No amor daquele que nos ama sempre,

Thiago Mendes

sexta-feira, 15 de maio de 2009

ATÉ SEGUNDA

Desculpe, queridos, devido à grande ocupação dos últimos três dias, postagens agora só na próxima segunda-feira.

Abraço bem apertado e até lá...

Thiago Mendes

terça-feira, 12 de maio de 2009

A vida é mais ou menos assim...


Cada obstáculo uma nova aula, cada estrada, um novo caminho. Cada sonho uma nova realidade e cada nova realidade novas vidas e novas formas de viver.

A vida é mais ou menos assim....Cada noite sendo caminho para um novo dia e cada dia uma chance de renovar as forças e fortalecer a esperança. Cada sorriso a tradução de novas alegrias e cada alegria, a comemoração destas novas vitórias. Nada na vida é tão bom quando viver.

A vida é mais ou menos assim...Cada nova amizade um novo ombro, cada palavra mais vitamina para fortalecer as amizades que já são. Cada passo um avanço maior para o lugar do nosso descanso e cada montanha transposta, a certeza de que cedo ou tarde se irá chegar.

Aprenda apenas isso...

A vida é mais ou menos assim...


Thiago Mendes

segunda-feira, 11 de maio de 2009

EU ESCOLHI VENCER, E VOCÊ?


A galinha observava o faisão à distância. O pobre animal passava dias seguidos de fome, tinha dificuldade de encontrar água, e nem sempre achava um lugar confortável para dormir.
Certa tarde resolveu conversar com ele.
“Veja como estou bem”, disse para o faisão. “Tenho um dono que me cuida, um lugar para beber água, e sempre me colocam milho para comer. Por que você não experimenta o meu tipo de vida?”
“Porque tudo isto que você me descreveu acontece dentro de um galinheiro”, respondeu o faisão. “Prefiro passar pelas dificuldades que passo, a ter o paraíso dentro de uma jaula”.

Vencer não significa ter tudo que se deseja no momento desejado e sim, ser livre para decidir entre vencer ou não. Eu escolhi vencer. Escolhi ser livre. Escolhi ser feliz! A derrota não é o ponto final da minha existência, pode ser no máximo uma virgula ou dois pontos dando seqüência a novos dias de vitória.

Faça agora mesmo a sua escolha. Lembre-se: é melhor ser um faisão faminto em liberdade que ser uma galinha gorda aprisionada por sua medíocre necessidade de milho de hora em hora!

De vitória em vitória,

Thiago Mendes

sexta-feira, 8 de maio de 2009

SERÁ QUE ESTOU NO LUGAR CERTO?


O grande poeta Rumi teve como mestre o sábio Shams. Numa das conversas entre os dois, Shams contou que, quando criança, seus pais pensaram em interná-lo num hospício, porque era diferente dos outros meninos.
“Então um camponês de minha aldeia contou uma história a meus pais”, disse Shams.
A galinha encontrou o ovo de um pato. Chocou-o e criou o patinho junto com seus filhotes. Certa tarde foram até o lago. O pato entrou direto na água, divertindo-se com mergulhos e acrobacias. Quando a galinha pensou em reclamar, ele disse: “Agora, minha querida mãe, eu encontrei o meu lugar, e aprendi a nadar. Se você quiser me ver feliz, não procure me manter na praia”.
Qual é o seu lugar?
Você já se encontrou?

No amor daquele, que nos amor antes que nós fossemos nós mesmos,

Thiago Mendes

quinta-feira, 7 de maio de 2009

UM DIA DE FOLGA : "Isto não tem preço"


Ontem, depois de quase um mês, tirei folga – durante a noite, pois durante todo o dia trabalhei bastante.

A folga, então ficou entre as 7 e as 10:30 da noite. O neném estava impossível. Fez arte para mais de um mês em um dia só. Eu brigando sem brigar dava broncas bravamente-leves curtindo suas baderninhas. A pastora e eu ficamos deitados no chão, vimos TV, sorrimos por bobagem, fizemos testes de casamento até que o sono veio – foi tão breve mais foi tão bom. Como diz o PR Josué Gonçalves com sua voz grave e forte: “Isto não tem preço”.

O que quero dizer é apenas que precisamos dar tempo a nós mesmos. A vida é breve demais para que não a vivamos intensamente.

Abraço Fraterno a todos e aos amores da minha vida,

Thiago Mendes

segunda-feira, 4 de maio de 2009

O RABINHO E SEUS DESCENDENTES


Um rabino muito piedoso ia meditar todos os dias às cinco horas da manhã numa floresta. Sentava-se aos pés de um carvalho, e conseguia a paz necessária para entrar em contacto com Deus. Seu filho, quando tornou-se adulto, passou a fazer a mesma coisa; mas esqueceu a árvore que seu pai meditava.
Seu neto, quando tornou-se adulto, passou a fazer a mesma coisa; mas esqueceu a árvore e a hora em que seu avô meditava.
Seu bisneto, quando adulto, tentou fazer a mesma coisa; mas já não sabia a árvore, a hora certa, e a floresta onde seu bisavô meditava.
Entretanto, ainda se lembrava da história; e quando lembramos da história e ainda é possível retornar ao Caminho.

Sobre a vida e o momento!

Tudo nessa vida é emprestado, usual, casual, transitório, passageiro, efemeramente temporal, enfim - somos inquilinos prestes a sermos ...