quinta-feira, 7 de março de 2019

HUMILDADE!

Então acabei aprendendo que chegando a soberba, vai-se o encanto. Felizes sejam todos estes que sabem preservar a humildade em tempos de bonança, e a postura de honra em tempos de escassez. Que respeitam, amam, são confiáveis, generosos e cheios de ideais que inspiram. Estes que preferem a discrição, que não sufocam os sonhos alheios e que compartilham suas vitórias e derrotas com a mesma confiança. Sabem que a vida mais difícil, é também aquela que forma o guerreiro mais forte.

Thiago Mendes

O golpe fatal!

Pior que a ausência, é uma presença ausente, distante, de alguém do qual não nos sentimos mais parte. Gente que partiu, mais ficou. O coração, os sonhos e a alma se foram, mas manteve-se um corpo – triste, frustrado, amargo e culpado pelo medo de se assumir. Estas presenças amorfas, não compartilhadas – emudecidas em suas emoções, das quais se espera ouvir algo – mesmo que seja o “pior”, mas nada. E às vezes a gente para e pensa: “O que eu fiz, afinal, para merecer tanta indiferença, tanto desprezo?” Nada. Aconteceu. Reina um silêncio pesado, tenso – como se a próxima palavra fosse a última, o golpe fatal – mas o golpe não vem.
Thiago Mendes

A sutileza!

Não é ‘‘no braço’’, é no abraço. Não é a força do golpe, mas a habilidade de bater sem abater. Quando alguém precisa gritar pra ser ouvido,...