sábado, 27 de novembro de 2021

A mão do ferreiro!

Eu já tomei muitas decisões erradas na vida. Errei em escolhas, priorizei o que é banal e tratei com desprezo ao que deveria dar valor. Já interrompi bons projetos por ansiedade, perdi relacionamentos importantes por imaturidade e fui covarde em momentos que pediam confronto. Mas hoje, já amarrotado pelo tempo, sinto refrigério, uma paz que não lamenta e compreende que, juntando os cacos de todas as vidas que vivi até aqui e - por mais equivocadas que algumas delas tenham sido, percebo que tudo valeu a pena. Você e eu não fomos criados e sim forjados – exatamente como o ferreiro que, com uma mão segura sua matéria-prima expondo-a ao fogo e com a outra bate dando-lhe a forma que deseja. Esses processos doem, mas foram eles que nos trouxeram até aqui e são eles que hão de nos levar até onde precisarmos ir.

Thiago Mendes

domingo, 21 de novembro de 2021

Você tem as suas batalhas silenciosas

As pessoas que te veem assim, sorrindo e tentando levar a vida numa boa, não imaginam o que se passa aí dentro e não fazem ideia do esforço aplicado a fim de não desistir de tudo. No fundo você gostaria de voltar a acreditar nas pessoas, mas o temor de novas decepções ainda lhe tem sido paralisante. Você confiou e se entregou demais. Revelou seus segredos, se anulou por um tempo, sofreu todas as angustias possíveis sozinha e calada, até entender que aquelas flores eram de plástico e que seguir participando do espetáculo custaria tudo de si. Você voltou a sorrir, já ensaia novos voos e consegue se alegrar com a própria companhia, mas sim: ainda tem as suas batalhas silenciosas. 

Thiago Mendes 

sexta-feira, 19 de novembro de 2021

Eu tinha que lhe dizer!

Que você vença todo cansaço e desânimo. Que seu caminho seja aplanado, iluminado e vitorioso. Que as feridas cicatrizem, as dores cessem e o medo dê lugar a uma ousadia jamais vivida. Que novos ares e tempos se estabeleçam em sua jornada. Que você alcance maiores e melhores resultados com menor esforço e que não lhe falte saúde e motivação para realizar seus sonhos. Que muita gente boa cruze o seu caminho e que estas relações sejam regadas a afeto, aprendizado e experiências únicas. Que seus inimigos se confundam e que aqueles que te menosprezam se surpreendam ante suas conquistas.  Seja forte, mantenha-se humilde e não se deixe esmorecer. Acredite: você ainda vai a pessoas e a lugares onde jamais imaginou.

Thiago Mendes

quarta-feira, 17 de novembro de 2021

O milagre da superação!

Muitas vezes é na fraqueza que algumas forças ocultas se manifestam através de nós. Enquanto sofremos, vamos nos redescobrindo e permitindo que novas intensidades aflorem. A estabilidade é óbvia, burra e preguiçosa, mas um ser que reage em apuros e agonia é capaz de virar o mundo de ponta a cabeça. Não menospreze os momentos de fraqueza porque são neles que a gente inventa, descobre, constrói, supera, surpreende e improvisa saídas extraordinárias. Sei que não é fácil, que a alma só quer se esconder, que lá fora talvez não haja nada mais pelo qual acredite que valha a pena lutar. Mas não é sofre “lá fora”, é sobre “aí dentro”. É sobre a pessoa que você sempre foi, a alegria que sempre teve, os sonhos que cultivou. Acredite: em meio a essa fraqueza e desânimo existe um poder incrível que precisa ser descoberto e explorado e elo é mais forte que toda decepção, sofrimento e depressão. Pare de ensaiar reações e dê o primeiro passo, o resto será milagre e superação.

Thiago Mendes

terça-feira, 16 de novembro de 2021

Recomeço!

Às vezes a gente olha para todos os lados e percebe que a vida está uma bagunça. Mente confusa, dificuldades em manter uma rotina saudável e produtiva, finanças caóticas, nervos à flor da pele e, para piorar, sem apoio. Geralmente encontramos companhia apenas quando tudo está indo bem. À primeira explosão os medrosos se espalham e só restam nossos destroços. Mas cabe a nós mesmos esse reencontro e reconstrução. O primeiro passo é organizar os pensamentos e encontrar a lucidez. Passos de sobriedade nos conduzem a bons recomeços. Depois é encarar a situação com coragem e transparência. A partir daí, com humildade e respeito, vai acontecendo um empoderamento natural: novos projetos surgem, novas pessoas aparecem, novos sonhos encharcam a alma – até que nos encontramos novamente de pé, organizados e felizes. Não podemos nos conformar com a dor e o sofrimento como se estivéssemos destinados a eles. Lembre-se: sempre haverá uma saída.  

Thiago Mendes

domingo, 14 de novembro de 2021

Não interrompa seus processos!

Permita-se e movimente-se em direção às mudanças que acredita serem necessárias. Grandes transformações começam dentro de nós e vão inundando toda a existência. Sofrimentos e alegrias; perdas e ganhos; surpresas e decepções; encontros, reflexões, emoções variadas – tudo pode ser instrumento de amadurecimento e evolução pessoal. Mentalize seus objetivos e vá se moldando na direção deles. Reveja o vocabulário, a maneira como lida com o tempo, como se relaciona com as pessoas, como gerencia suas crises emocionais e como o sucesso e o fracasso afetam seu comportamento. Na paz e na guerra, em dias de glória ou de luto – não interrompa seus processos.    

Thiago Mendes

quinta-feira, 4 de novembro de 2021

Seus sonhos!

Em alguns momentos a gente pensa que a vida parou, que as engrenagens do Universo travaram e que nada irá mudar. Mas como um raio, em um fechar e abrir de olhos, tudo pode - súbita e surpreendentemente, se transformar. Assim como a galinha precisa da quietude para gerar seus filhotes, muitos milagres só se materializam quando nos aquietamos e passamos a aceitar e a respeitar nossa insuficiência. Não somos donos do tempo, não podemos controlar tudo. Não se culpe pelo que não pode mudar. Acredite no bem que você já fez; seus sonhos estão sendo gerados e, mesmo que não pareça, no tempo certo irão nascer, crescer e te darão muitas alegrias. 

Thiago Mendes

Que acabe logo

Às vezes a gente só quer que o conflito acabe logo. Se pensarmos friamente pode ser que descubramos que existem batalhas que se estenderam tanto que nem nos lembramos de como começaram ou o real sentido que elas têm. Às vezes a gente só deseja trégua e, se sairemos humilhados ou glorificados, já não importa – só queremos nos livrar da sensação de que estamos sendo perseguidos, atrasados, em débito, culpados, aflitos, enfim. Chega um momento em que a gente para e se pergunta: qual é mesmo o sentido de toda essa correria, de tanto esforço, renúncia, cansaço, suportando pessoas com quem eu não gostaria de conviver e fingindo que está tudo bem? É tanta pressão que de vez em quando a gente só quer que tudo acabe. Se possível, que acabe bem.

Thiago Mendes

Sobriedade!

Valorize aqueles que te dão afeto. Seja leve e otimista. Enxergue seus semelhantes com empatia. Crie ambientes psíquicos cordiais. Tente não...