quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Sobre o "mundo particular"!




Ela possui uma alma livre - que sonha voar, mas habita um corpo comprometido com o que aprendeu a chamar de “meu mundo particular”. No macro, acha que tudo poderia ter sido diferente: seus amores, seu labor, seus sonhos e seu caminhar. No micro, entende que o melhor que existe está bem aqui, habitando este universo e dividindo seus espaços. Quando se sente só e, algumas vezes vazia, vai até o espelho e diz a si mesma: “Vento: cala-te! Mar: aquieta-te!” Ela então respira, sente sua alma descansar e descobre que tudo está em plena ordem em seu “mundo particular”. “Vai passar...” é o que consegue dizer enquanto sorri.

Daqui pra frente!

Vai com fé que dá. Você já tem muita luz, são se ofusque. Não se acanhe com olhares de reprovação. Não se abale com comentários negativ...