quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Sobre quando Deus se cala!


Todos nós, em algum momento de nossas vidas, já tivemos a impressão de estarmos falando sozinhos quando dirigimos nossas preces aos Céus. Só não podemos nos esquecer de que até no silêncio, Deus nos ensina lições importantes. Quando dobrarmos nossos joelhos e falarmos com Ele, certamente Suas respostas nos alcançarão. Claro, talvez não venham em nosso tempo, da nossa maneira ou com a precisão de nossas exigências, mas todos os filhos que, de coração, recorrem a Ele, encontram abrigo. Acredite, quando Deus se cala, é sinal de que Ele está querendo lhe ensinar alguma coisa. 

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Sobre a expectativa do encontro!


Estamos sempre esperando por alguém; seja no deserto ou no meio de uma grande cidade, nossa alma vive a constante expectativa do encontro. Busca incessante, curiosidade latente, esperança que nunca morre. Nem sempre é uma espera romântica ou sexual – buscamos companhia, amizade, alguém a mais com quem possamos compartilhar a vida. Enquanto estamos esperando, significa que outros continuarão sendo bem-vindos nos espaços sagrados de nossas vidas. Jamais feche estas portas de entrada e faça de tudo para que as portas de saída permaneçam fechadas. A vida só faz sentido quando podemos compartilhá-la. 

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Sobre os motivos, a calma e a razão!


Então disse a Mulher de Fé à sua alma: “Cala-te, aquieta-te, aprenda a esperar em paz, respeite as decisões do tempo. Nem sempre a melhor maneira de sermos vistos e compreendidos é assim, manifestando-se tempestuosa, sacudindo o barco, ameaçando seus tripulantes, fazendo exigências implacáveis. Apresente-se com delicadeza, saiba mostrar os seus motivos sem perder o ar, a calma e a razão. Vamos, não fique assim, tão angustiada”. Sua alma parece ter entendido o recado. Está mais calma e certamente saberá esperar os seus milagres em paz.

Sobre coisas que precisamos renovar!


Senhor, renove minhas forças. Renove também a esperança que move meu caminho e me mantém vivo. Renove em mim um espírito inabalável, capaz de suportar as pressões, as incertezas e os temores desta vida. Renove a alegria da Salvação, o amor pelas coisas simples, e aquelas amizades que as circunstâncias foram capazes de levar para longe. Renove meus sonhos e me ajude a realizá-los. Renove a alegria familiar e nos ajude a aproveitar cada minuto com aqueles que mais amamos. Amem.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Sobre a alma e o espaço vazio!


E então talvez você diga para si mesmo: “Tenho tudo que preciso nesta vida. Mas há um espaço vazio. Por mais que eu tente me ocupar, pensar em outras coisas, sorrir ou gastar meu tempo com coisas sem sentido, em algum momento do dia o vazio volta a invadir os meus espaços. Sei que sou abastado e não tenho o direito de murmurar, mas sinto-me infeliz demais para que não possa fazer perguntas”. Então seu anjo responde: “Psiu. Não faça perguntas difíceis. Apenas continue caminhando e tentando sossegar sua alma”. Tudo bem. A vida é assim mesmo. 



terça-feira, 21 de outubro de 2014

Sobre luz, verdade e transformação!


Então disse Du-Chan aos seus discípulos: “Não tenham medo das transformações que estes ensinamentos lhes causarão. Na verdade, eles servirão muito mais para manifestar aquilo que vocês já são do que para transformar-lhes naquilo que não são. Claro, o aprendizado transforma, mas mais que isto: ele traz à tona. Apenas aceitem que a verdade vá revelando pouco a pouco aquilo que são. Depois disso, analisem o que precisa realmente ser transformado. Aperfeiçoem-se no amor. Apeguem-se à verdade. Não temam a luz. Deem lugar ao Espírito. Cuidem-se mutuamente. Façam o bem em todo instante”.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Sobre quando o medo inunda o coração!


Se o medo inundar seu coração, faça uma prece, respire fundo, procure alguém em quem confia e peça um abraço. Mergulhe com mais intensidade em suas convicções espirituais, se agarre às boas referências que já te foram luz no passado. Lembre-se que o medo é só um sentimento, mas se não for dominado, acabará te dominando e poderá manipular suas atitudes. Coragem. Enfrente o que for realmente necessário. Não entre em combates inúteis. Fugir, às vezes, pode ser a melhor arma de defesa e o único caminho para se encontrar a vitória. Portanto, não tema o combate nem a fuga. Escolha aquilo que parecer melhor aos seus olhos, sem se esquecer de consultar o que está dizendo o coração. 

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Sobre alimentar as fontes que nos mantém vivos!


Alimente sua fé. Nunca se esqueça de que é dela que os justos sobrevivem. Alimentes as boas amizades, pois é de bons amigos que se constrói um reino forte e permanente. Lembre-se que o espírito é alimentado à base de meditação e verdades espirituais. Já a alma, é alimentada com relacionamento humano, abraços, elogios e motivação. Alimente também os seus sonhos e faça isto se dedicando a eles. Alimente seus amores amando-os sem receios e sem reservas. Só assim se pode ser pleno. Só assim se pode ser feliz. 


quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Sobre o perigo dos exageros!


Abra mão das dores que roubam a sua paz. Deixe de lado, ou melhor, deixe para trás, tudo aquilo que te faz chorar de tristeza. Há coisas que não valem os espaços que ocupam em nossas mentes. Portanto, livre-se dos excessos, dê as mãos ao bom senso e siga adiante. Os exageros é que contaminam a vida e, mesmo que pareçam começar bem, podem embriagar a alma, deixando-a seduzida de aprisionada. Não dê lugar a nada que possa roubar a sua liberdade. 

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Sobre vencer sem precisar lutar!


Nem sempre render-se significa fraquejar. Em alguns momentos o guerreiro entende que a rendição pode ser um ato de nobreza. Ele sabe que o melhor soldado é aquele que sabe negociar a fim de que o combate nem mesmo chegue a acontecer. E para isso, de vez em quando, o Soldado da Paz precisa fazer com que o inimigo acredite que venceu. Se desarma, deixa seu orgulho de lado, aceita abrir mão de alguma posição, reconhece alguma injustiça já cometida, até que faz com que seu adversário acredite que o combate não vale a pena. Nem todos compreendem sua estratégia, mas o tempo irá mostrar que ceder também pode ser uma tática de guerra. 


segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Sobre a isca, o ambiente e a atração!


Álih, o guia, e Jávier, seu aprendiz, estão no rio Allipén pescando. O velho pega um peixe atrás do outro, só dos grandes, enquanto que o rapaz já entediado, só pegou alguns peixinhos que de tão pequenos tiveram que ser devolvidos ao rio. “Qual a sua técnica?”, ele pergunta em tom impaciente. O velho sorri enquanto arranca outro dos grandes. “Não existe técnica; existe isca, ambiente e atração”, diz. Ele ajeita o anzol e lança novamente no rio. “Na vida, como na pesca, nossas ações determinam o que queremos atrair. O ambiente que criamos, as armas que usamos, a maneira como conduzimos nossas decisões, e a forma como tratamos as pessoas determinam tudo que atraímos. Não existe falta de sorte. Existe incapacidade de atrair coisas boas. Lembre-se: seja nobre e atrairá coisas nobres. Seja amável e atrairá o amor. Seja bom e toda bondade te seguirá”. O rapaz frangiu a testa. Neste momento sente sua vara balançar. O tamanho? Bem, este será exatamente igual à sua capacidade de aprender a uma boa lição. 


domingo, 12 de outubro de 2014

Sobre viver, amar e acreditar!


Acredite no destino. Lembre-se que às vezes tudo que temos a fazer é soltar as rédeas e acreditar que quem nos guia conhece o caminho. Acredite no amor. Por mais que ele nos faça sofrer, não há outra fonte que alimente tanto os sentidos desta vida. Acredite no amanhã. Embora incerto, é lá que devem estar nossas esperanças mais sinceras. Acredite nas pessoas. É, eu sei, elas erram muito, mas nós também erramos. É justamente por isso que existe o perdão: para que pessoas como você e eu tenhamos condições de continuarmos juntas – apesar de tudo. Acredite na vida, na paz e na guerra. Acredite em seus sonhos e jamais desista de perseguir a sua felicidade. É simples. É quase tudo.


quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Sobre tudo de melhor que a vida tem!


Vamos, calce os seus melhores sapatos, vista aquela roupa, lembra? Chame seus melhores amigos e espero estar entre eles; escolha o melhor lugar que puder, abandone aquelas desculpas antigas em que você sempre dizia que era impossível. “Gostaria muito, mas não tenho condições”, lembro-me bem daquele seu tom de lamento. A vida é agora, é urgente, e nunca sabemos se ela poderá esperar os nossos caprichos. Portanto, levante-se e venha comigo. Assistamos juntos ao pôr do sol, joguemos todas as conversas possíveis fora, relembremos os nossos melhores momentos e estejamos abertos a tudo de melhor que a vida tem para nós. Será maravilhoso e não nos custará nada, a não ser o nosso “sim”. Vamos?

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Sobre soltar os seus leões!


Não tenha medo de soltar os seus leões. Acredite, presos eles serão ainda mais perigosos. A vida produz suas pressões naturais todos os dias: uma decepção aqui, uma frustração acolá, e se começarmos a guardar tudo isso, logo teremos nossas emoções governadas pelo lado ruim da vida. Abra a janela. Deixe que as aves de rapina alcem os seus voos. Só guarde em seu coração aquilo que poderá tornar sua vida mais leve. Olhe bem à sua volta. Você tem infinitos motivos para ser feliz. Viva cada um deles sem medos, sem reservas estas pressões que, como leões, lutam para tragar a sua paz.



quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Sobre o desafio de mudar os hábitos!


O Soldado da Paz sabe que o mais difícil não é escolher novos caminhos, mas sim abandonar os antigos. Tomar novas decisões é fácil, o problema está em mudar os hábitos. “É impossível servir a dois senhores”, ouvira de seu mestre. “Você agradará a um e aborrecerá ao outro”. E o guerreiro tenta não conciliar a sua existência entre as trevas e a luz. Sabe que é impossível habitar dois mundos tão diferentes. Às vezes sente-se perdido, mas aprendeu que esperar pode ser tanto arma de ataque como de defesa. 

Daqui pra frente!

Vai com fé que dá. Você já tem muita luz, são se ofusque. Não se acanhe com olhares de reprovação. Não se abale com comentários negativ...