sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Sobre as bem-aventuranças dos derrotados!

Bem-aventurados os loucos, porque estes não darão conta de si mesmos no dia do juízo. Bem-aventurados os medrosos – que fogem para as montanhas no momento do combate. Estes morrerão velhos contanto histórias vividas por heróis que jamais conheceram. Bem-aventurados os que não crêem, pois serão poupados de muitas frustrações. Bem-aventurados aqueles que fugiram do sofrimento. Acabarão sem cicatrizes e sem glória.
Thiago Mendes

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Sobre reaprender a viver!

Ela tem todo o direito se sentir-se triste de vez em quando. Afinal, já foi incompreendida, julgada e ficou só quando mais precisou de apoio. Mas “A princesa de papel” não desistiu de seus sonhos, nem de sua felicidade. Cada dia que surge é uma nova chance de mudar tudo e dar a volta por cima. Ela é apaixonada pela vida, reconhece ser dramática e exagerada, está cheia de cicatrizes em sua alma, mas nem uma será capaz de tirá-la do caminho. Aprendeu que o segredo para se manter viva não está na força, mas na capacidade de readaptação. É por isso que faz de tudo para reaprender a arte de viver todos os dias.
Thiago Mendes

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Sobre coisas extraordinariamente simples!

Ontem a noite meu filhinho Emanuel, de três anos, foi pedir a mãe dele, minha Fran, pra “me liberar” pra ficar com ele e o Israel, de oito, no quarto até dormirem. Juntamos as camas, apagamos as luzes, me deitei no meio deles e comecei a cantarolar a música do Kleber Lucas: “Eu ando com meu Deus na rua e quando chego em casa, Ele está comigo. Eu falo com meu Deus na hora de dormir e logo quando acordo digo: eis-me aqui, sou de Jesus. E mesmo atarefado sempre estou ligado. Eu não abro mão da Presença. No partir do pão em cada comunhão, graças, graças por tudo, sou de Jesus”. A cantoria foi horrivelmente desafinada, catando letras, mas a platéia gostou. Logo apagaram, os cobri e sai na pontinha dos pés no quarto escuto. Na porta ainda parei e dei aquela olhadinha pra ver se meu universo estava mesmo em ordem. Sim, cada planeta em sua órbita. Simples. Extraordinariamente simples. Incrível. Extraordinariamente incrível.
Thiago Mendes

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Sobre “desencucar” pra ser feliz!

Vamos, chegue mais perto e verá que não é nada disso que está pensando. Está vendo aquelas pessoas que conversam longe? Não, elas não estão falando de você. Lembro-me bem do que a minha avó dizia: “desencuque” menino! Eu estou aprendendo a “desencucar”. E acredite: isso me faz muito mais livre! Veja com olhos mais claros e descobrirá que as pessoas não se uniram em um complô contra você. Suba ao monte e verá que os deuses que vivem lá em cima desaparecerão. Somos intensamente perseguidos pelas cismas e assombrados pelos fantasmas que criamos. Olhando para trás e analisando bem as curvas de minhas pegadas, vejo que eu sempre fui meu maior traidor.
Thiago Mendes

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Sobre diminuir a intensidade de nossa presença!

O excesso de presença pode adoecer qualquer relação. Mas não se preocupe, este é o tipo de aviso que o próprio coração se encarrega de nos dar. Incomodado, ele sempre diz: “Vamos nos afastar um pouco antes que não sejamos mais bem-vindos por aqui”. Ele percebe quando as pessoas começam a nos olhar com cansaço e sente se seus cumprimentos já não estão sendo sinceros. Portanto, não nos acanhemos de diminuir a intensidade de nossa presença. Sumir um pouquinho, às vezes, é necessário e nos faz bem. Pense nisso. Já vou indo, antes que minha presença comece a ocupar um espaço maior que o necessário. Cuidem-se e não se esqueçam de ouvir seus corações.
Thiago Mendes

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Sobre a motivação!

Há dias o arqueiro não lança uma só flecha. Quando seu anjo aparece, ele se defende antes mesmo de cumprimentá-lo: “Estou muito cansado”, diz. “Ninguém valoriza meu trabalho mesmo. Já venho fazendo a mesma coisa há anos”, e ainda: “Não faço a mínima diferença aqui”. O guerreiro celestial sorri. “Você não está cansado e sim desmotivado. Renove seus motivos e as forças voltarão. Você não deve estar em busca do reconhecimento das pessoas. Seja como a flecha que, mesmo não tendo nome, nunca se negou cumprir a missão que lhe foi confiada. Seus motivos estão dentro de você. O melhor descanso é a motivação”. Neste momento o anjo ouve o som do arco se esticando. Logo, certamente, as flechas cruzarão os céus.
Thiago Mendes

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Sobre Deus, você e as coincidências do Universo!

Nós somos o que pensamos ser. Sei que isso parece redundante, filosoficamente vago e repetitivo. Mas sim, tudo o que construímos na vida parte daquilo que pensamos a nosso respeito. Podemos mudar tudo se formos capazes de mudar a nossa maneira de pensar. Portanto, não importa qual a sua condição hoje: pense bem em relação a si mesmo. Não que não deva reconhecer os seus defeitos. Reconheça-os e diga a si mesmo que pode superá-los. Acredite nos talentos que recebeu. Você foi planejado e amado por Deus antes mesmo que o mundo ganhasse forma. O Universo pode ter lá as suas muitas coincidências, mas não somos uma delas. Você é único. A vida é única. Portanto, não ouse pensar mal de algo tão especialmente planejado por Deus. É isso.
Thiago Mendes

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Sobre quando podemos dizer: “Eu não me importo”!


Lá vai ela... Segue seu caminho sem medos e sem o fardo de ter que agradar as outras pessoas o tempo todo. Sua alma está leve como o vento e livre como os passados. Ela se cansou de viver para os outros. Decidiu que, de agora em diante, irá consultar mais o seu próprio coração e seguirá suas diretrizes. E está feliz em saber que agora poderá dizer: “Eu não me importo com o que vocês estão pensando a meu respeito”. 

Thiago Mendes

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Sobre o milagre da transformação!


Só aqueles que conhecem bem as sementes que lançaram podem viver em paz. Eles não temem surpresas desagradáveis - porque confiam nos frutos que estão aguardando. Embora enfrentem circunstâncias difíceis – como todas as pessoas, sabem que os desdobramentos finais sempre serão favoráveis. Por isso esperam o melhor e não temem o amanhã. Não vivem ansiosos e culpados - correndo do silêncio e da reflexão. Eles transmitem paz, são generosos e desapegados de riquezas. Eles acreditam no milagre da transformação, pois já viram pequenas sementes crescerem, se tornarem árvores e alimentarem a muitas pessoas. Por isso não desprezam as pequenas coisas. Sabem que este milagre está acontecendo agora.

Thiago Mendes

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Sobre aquelas feridas que o tempo não curou!

Senhor, faltam-me forças para continuar, ânimo para me dispor e alegria em prosseguir. Os ventos vieram fortes, destruíram meus telhados, arrasaram as muralhas e levaram para longe aqueles sonhos que me mantinham de pé. Mas estou vivo. Sei que posso reconstruir. Faltam-me forças. Ajuda-me a ver motivos que justifiquem os esforços. Se possível, segure em minha mão e caminhe comigo por entre as ruínas que sobraram aqui. Talvez assim eu possa voltar a ouvi-Lo dizer: “Filho, Eu estou curando todas aquelas feridas que o tempo não foi capaz de curar. E Te dou ânimo novo para lutar, vencer e reconstruir tudo mais uma vez”. Que assim seja. Amem.
Thiago Mendes

Sobre a vida e o momento!

Tudo nessa vida é emprestado, usual, casual, transitório, passageiro, efemeramente temporal, enfim - somos inquilinos prestes a sermos ...