segunda-feira, 2 de março de 2009

PENSAR ATÉ MESMO ANTES DE PENSAR



O velho acordou e reparou que seu machado não estava no lugar onde havia colocado. Foi até a janela, e viu o vizinho sentado em sua varanda.
“Ele deve ter roubado minha ferramenta”, pensou o velho. “Veja como tem cara de ladrão, jeito de ladrão, olhar de ladrão”.
Ao meio-dia, enquanto arrumava algumas coisas, o velho reparou que o machado estava atrás de um móvel.
Naquela tarde, ao sair de casa para dar um passeio, cumprimentou o vizinho e seguiu adiante, pensando: “como é bom morar junto de alguém que tem cara honesta, jeito honesto, e olhar honesto”.
(Creio que todos nós, em algum momento de nossas vidas, já nos comportamos como este velho).


Pensar antes de pensar, seria necessário!


Thiago Mendes

Um comentário:

tirrex disse...

Concerteza.. seria mto melhor se penssasemos antes de pensar...