segunda-feira, 31 de março de 2008

EM QUEM VOCÊ SE ESPELHA?



Em alguns momentos de nossa vida precisamos escolher referencias para que cresçamos. A maior miséria é aquela que nos leva a comparar as pessoas com outras pessoas. Toda comparação faz mal. Ter alguém como referência é diferente de nos comparar com outra pessoa, portando veja alguém que merece ser seguido, e siga-o no que for bom, aprenda com esta pessoa, as coisas boas da vida que ela possui. Quando aos que não estão no seu nível, jamais se compare com eles, pois assim, você estaria se colocando em uma condição muito mais fútil que este pequeno alguém. Lembre-se: comparações machucam. A única forma de ajudá-lo é sendo referencia para ele. Então pra terminar: Tenha referência e seja referência, assim, jamais faltará segurança e tranqüilidade pra você. Com carinho, e Nele que é toda referência,
Thiago Mendes

sábado, 29 de março de 2008

MULHER: DESEJOS E CONFLITOS


Lá vai ela...
Vai porque é feliz, porque é livre, porque nasceu para ir.
Nasceu para a liberdade, nasceu para a vida.


Tem tudo para ser a mulher mais feliz desse mundo.
Às vezes, imagina que é.
Às vezes, tem certeza que não.


O deserto se tornou amargo, a areia está quente.
Os ventos desérticos queimam a beleza e seu rosto e o faz ficar decaído.
Muitas lutas vieram nos últimos dias e o inimigo parece não dar trégua.
Ela é forte. Espada na mão, cansaço nos olhos, fé na vida e certeza de conquista.


Às vezes dá sim vontade de parar, pois não há parceiro nossa jornada para dividir nem pão nem água e isso faz com que a jornada se torne mais longa.

Ela está só e caminha pelo infinito do deserto.
Ouve uma grande tempestade de areia no meio da noite, o cenário da viagem mudou mais uma vez, mas isso não importa, pois o destino é sempre mais importante que o caminho que usamos para chegar até ele.


Lá vai ela...


Triste por saber que está só e feliz por haver ainda um pouco de esperança.
E assim ela vai, seguindo seu destino, caminhando rumo ao além, cheia de vida e isso faz com que se sinta muito melhor.

Durma em paz, amada, pois amanhã nascerá um outro dia e a batalha ainda não acabou; existe um deserto a ser transpassado. Vá com Deus, pois só Ele conhece o infinito desta areia chamada VIDA.

Tudo que posso dizer é: VAI.



Thiago Mendes

sexta-feira, 28 de março de 2008

EXISTE UM DOM CHAMADO AMOR?


Hoje alguém me perguntou o que é o dom do amor, e o pior, esta pessoa desejou saber como colocá-lo em prática. Fiquei pensado: “Amar é aceitar cada um como cada um é. É fazer o bem sem esperar o bom. É virar a outra face, entregar o dinheiro que o ladrão não conseguiu encontrar em seu bolso, é caminhar por 2 milhas com seu inimigo quando ele te obrigava a ir uma. Amar é perdoar de novo e entender que até o amor erra e pode trair. O amor não trai, mas quem o carrega dentro de si pode trair. É como Deus. Deus não peca, mas aqueles que carregam ele dentro dos corações pode errar em um ou em outro momento".

Outro dia um jornalista amigo meu disse-me que nasci para a Palavra. Se assim o foi, digo que glória maior é de todos que nasceram para o amor.

Nele, que é o AMOR VIVO,

Thiago Mendes

quinta-feira, 27 de março de 2008

PEQUENAS COISAS QUE PODEM FAZER GRANDES DIFERENÇAS


Devemos estar sempre atentos a tudo que acontece ao nosso redor. Talvez nossa pior doença seja àquela relacionada à falta de visão. Conseguimos ver o mundo à nossa volta apenas em suas maiores constituições, sem conseguir ver os átomos que os constitui. Nada, nem as maiores construções não poderiam existir se não fossem seus pequenos tijolos, e seus imensos tijolos não seriam nada sem seus invisíveis átomos e assim se constitui a vida.
Dos milésimos nascem os centésimos que criam segundos e caminham para a eternidade de forma tal que filosoficamente falando, cada segundo é uma partícula da eternidade e se a eternidade contêm partículas, cada uma delas também é eterna, portanto cada milésimo é para sempre.

Nossos olhos precisam se abrir para a criança que corre pelo parque chutando bola, ou para a aranha que desenha sabiamente sua teia na nossa telha. Precisamos ouvir o barulho dos pintos da água da torneira estragada antes que ela se transforme em mar e nos mate afogados.

Lembre-se: a vida acontece agora.

Thiago Mendes

quarta-feira, 26 de março de 2008

CONFISSÕES DE UM PASTOR


Hoje acordei pensando em mim mesmo e no quanto preciso melhorar. Às vezes me irrito tão facilmente, julgo tanto pela aparência, penso e desejo mal, tenho raiva dos meus inimigos – e como os tenho. Nunca lutei para ter nenhum, mas na minha doce arrogância, conquistei muitos amigos e vários inimigos ao longo da minha pouca vida. Preciso amá-los. Sim, às vezes me pego desejando o mal de cada um deles, mas sei que não posso e não devo. Quero cuidar mais das pessoas, ser mais amigo, quero amar mais, ouvir mais, falar menos, olhar mais dentro dos olhos daqueles que me procuram, quero sentir mais o que sentem e me colocar mais em seus lugares de luta e dor para não correr o risco de julga-los mal.

Isto é meu, mas se serve para você, então, que seja seu.

Com todo carinho para quem deseja,

Thiago Mendes

terça-feira, 25 de março de 2008

ESTA MONTANHA TE ASSUSTA? LEIA!


A noite já seguia longe, quando Leonardo parou ao pé da montanha com seus companheiros. Pedro fixou os olhos de guerreiro em seu general e disse: “Estamos muito cansados para escalá-la”. O Soldado da Paz respirou fundo e com um sorriso respondeu: “Amanhã não estaremos. É melhor estar cansado que estar parado como esta montanha. É melhor ser um miserável em crescimento que um nobre estagnado. Esta montanha é um inimigo derrotado; apesar de grande não cresce mais”.

“Podemos nos desviar dela”, disse Macem.
O Soldado da Paz gesticulou que sim. “Claro que podemos, ela não nos cercaria, mas não quero correr o risco de acostumar-me a desviar de obstáculos. Lembrem-se: obstáculos não foram feitos para serem desviados e sim para serem superados”.

Era melhor dormir, pois do contrário jamais conseguiriam vencer mais aquela etapa. Soldado prudente é aquele sabe à hora certa de empunhar e à hora certa de guardar a sua espada.

Pense nisso.

Thiago Mendes

segunda-feira, 24 de março de 2008

PERGUNTAS E MAIS PERGUNTAS QUE A ALMA INSISTE EM NOS FAZER


Acho que existem mais dúvidas que certezas quanto à vida dentro de cada um de nós. Tememos duas coisas mais que tudo:

1º - Temos medo de perguntar se somos felizes ou não: preferimos viver como se esta pergunta jamais tivesse penetrado nosso coração. Temos medo de perguntar a nós mesmos e descobrir que não, não somos felizes. Temos medo de descobrir que o mundo é redondo e que eu poderia ter girado por ele, ter feito tudo diferente do que fiz, mas não fiz e que agora é tarde demais para isso e que estive tão ocupado comigo que acabei me esquecendo de mim mesmo.

2º - ENTRE O BERÇO E A SEPULTURA existe uma coisa chamada vida e o medo começa quando percebemos que estamos mais próximos da sepultura que do berço.

Em Cristo, onde todo medo se dissipa,

Thiago Mendes

domingo, 23 de março de 2008

DESERTOS E TEMPESTADOES TAMBÉM PODEM SER ÚTEIS?




Algumas noites são mais escuras, alguns desertos são mais longos, alguns ventos são mais fortes e algumas tempestades destroem mais o mundo a nossa volta. Jamais se esqueça de uma coisa: Quando a noite for mais escura, use-a para dormir melhor. Quando o deserto for mais longo leve mais água para a viagem e isso se for mesmo necessário atravessá-lo (não entre em aventuras infantis, mas enfrente as loucuras da vida com sabedoria). Quando os ventos forem mais fortes, então seja sábio e não caminhe contra ele; pelo contrário, use-o para te levar para onde ele desejar. Quando a tempestade for mais destruidora, aproveite a força dela para reconstruir seu lar, desta vez com bases mais sólidas.

Lembre-se apenas que: nem as noites, nem desertos e nem nada tem a inteligência para traduzir a vida e você tem. Resumindo, aprenda a transformar coisas aparentemente más em bem, e nunca mais tenha problemas, mas apenas soluções reais para sua vida.

O Soldado da Paz sabe que mais poderosa que a espada, é a mente humana.

Receba meu carinho e minhas orações,


Thiago Mendes

sábado, 22 de março de 2008

JUIZ OU RÉU? QUEM VOCÊ PREFERE SER?




Na última noite não dormi bem. Então me pus a pensar:

“Bom seria se não julgássemos e nem fossemos julgados por nada. Seria ótimo se ao invés de julgamento, tivéssemos compreensão. Oxalá se deixassem de nos julgar para nos compreender. Como seria bom, se trocássemos a pedra pelo lenço. Os casais seriam mais felizes, as crianças brincariam mais alegres, os céus seriam muito mais azuis.
Todos somos réus, mas o pior não é ser réu e sim juiz. Quando julgamos a nós mesmos somos extremamente piedosos, mas quando o réu é o outro, somos implacáveis e impiedosos. Devíamos ser mais radicais conosco e mais bondosos com o próximo”.

Fechei os olhos e dormi, afinal era tudo que eu podia fazer. E dormi em paz, na certeza de que nenhum julgamento se sobrepõe sobre a grandeza do amor.

Em Cristo que não julga, mas ama,

Thiago Mendes.

quinta-feira, 20 de março de 2008

O DIÁRIO DE UM SOLDADO


Um verdadeiro Soldado da Paz acorda com o cantar do galo, faz suas preces, pega a espada e vai afiá-la do lado de fora da tenta. O dia será de grandes batalhas e o melhor a fazer é se preparar desde logo. Ele dá uma volta nas tendas dos companheiros e os chama para que o acompanhem, pois o inimigo pode estar por perto e o Soldado não quer sair derrotado. Todos se levantam, tomam rápido o café e saem para a batalha. Vão confiantes, mas não desprezam a astúcia do inimigo.
No inicio da noite todos se sentam perto da fogueira e ali contam suas histórias sobre batalhas passadas. O Soldado da Paz se levanta e diz algo que deixa todos pensando:
“Há muitas batalhas para serem travadas, muitas lutas ainda lutaremos juntos, muitos caminhos ainda trilharemos lado a lado, mas nunca se esqueçam de que nada é para sempre. Estejam preparados para o dia em que cada um irá seguir seu próprio destino, e quando isso acontecer, não se esqueçam que um soldado não é um exército inteiro. Nunca enfrentem aquilo que não podem vencer, mas nunca fujam de um inimigo que tem a mesma força que você tem. Um verdadeiro Soldado da Paz luta pela paz, mas se ele luta, nele já não há paz. Nunca estejam totalmente descansados, totalmente felizes, completamente satisfeitos, pois um Soldado da Paz entende que a vitória de hoje não garante a vitória de amanhã”.
Todos aplaudem, sorriem e alguém coloca mais lenha na fogueira, simbolizando que a conversa continua. A noite vai calada e escura, e no meio da escuridão está um pequeno exército de soldados que luta pela paz e que sonha com ela.
Às vezes um Soldado da Paz é pego quase desistindo da jornada: deixa a mochila no chão, senta à sombra de uma árvore, pensa um pouco e chega à conclusão que o melhor a fazer é continuar caminhando. A vida é uma estrada, mas não é um Caminho. Muitos passam pela mesma estrada, por caminhos diferentes.
A grande missão de um Soldado da Paz é levar aqueles que apenas existem a viverem de verdade. Ele às vezes fracassa, cansa, chora, mas nenhum sentimento pode ser maior que sua missão. Lá vai ele, sempre firme ele vai, espada do lado, mochila nas costas, um pequeno pedaço de madeira em uma das mãos, caminhando pelo infinito do deserto.
Houve uma grande tempestade de areia no meio da noite, o cenário da viagem mudou mais uma vez, mas isso não importa, o destino é sempre mais importante que a estrada que usamos para chegar até ele, e um Soldado da Paz, sabe muito bem disso.

Retirado do Livro - Soldado da Paz de 2006, de Thiago Mendes

quarta-feira, 19 de março de 2008




QUEM SÃO NOSSOS VERDADEIROS INIMIGOS?


Um Soldado da Paz, nunca aceita se tornar refém de seus próprios medos. Ele é que domina seus inimigos invisíveis, aqueles de ordem interior. Um Soldado da Paz inteligente entende que os inimigos de dentro são sempre muito mais perigosos que os de fora. "O maior perigo é aquele que nos ameaça sem se mostrar, nos persegue sem ser percebido e nos vê sem ser visto, e um Soldado da Paz sabe muito bem disso".

Com temor,

Thiago Mendes

terça-feira, 18 de março de 2008

CASAS E TENDAS



CASAS E TENDAS: UMA BELA VIAGEM
PELAS VIAS DA LIBERDADE.

Quem é livre, então, rápido, leia!


Todos nós buscamos casa, mas bom mesmo é se nos conformássemos em habitar em tendas. As casas nos pedem pra ficar, as tendas nos mandam partir. A casa nos segura com ela, a tenta nós levamos conosco. Vira e meche estamos buscando cadeias.

Entramos em celas e nós mesmos nos trancamos lá dentro e engolimos as chaves e quando caímos em nós, já estamos caídos em um mundo quase sem volta. “Às vezes nos envolvemos demais com algo para termos o direito de simplesmente abandoná-lo depois”. Isto vale para praticamente tudo em nossa vida. Às vezes nos envolvemos com um amor, ou com um emprego ou com uma situação e depois nos tornamos vítimas, reféns dela.

Casas nos prendem, tendas nos libertam.
A maioria de nós preferimos viver trancados dentro de uma mansão, sem ver a luz do dia, que sentir o vento libertador que há na porta de uma tenda, só pra dizer a nós mesmos e aos poucos que sabem onde vivemos, isto é tolice!

Cinco dicas:
-Não deseje ser carregado por uma casa, deseje carregar uma tenda.
-Não deseje nunca, precisar de ajuda, mas sonhe em poder sempre ajudar. (Não negue ajuda quando precisar).
-Não queira precisar de carona, mas deseje de todo coração poder carregar alguém. (Não rejeite carona por orgulho tolo).
-Não deseje um colo. Deseje ser colo. (Jamais rejeite colo quando desejar).
-Viva e goste de viver!


Você não precisa do vestido mais belo para sair de casa, nem do carro mais caro. Para sair e ser feliz, você só precisa de uma alma livre.

Um Soldado da Paz não se importa com as aparências e sim com a felicidade, tanto sua como a de todos os que estão perto dele.

Nunca se esqueça: A vaidade nos prende, a humildade nos liberta!

Pense nisso.

Abraço Fraterno,

Thiago Mendes

Sobre a vida e o momento!

Tudo nessa vida é emprestado, usual, casual, transitório, passageiro, efemeramente temporal, enfim - somos inquilinos prestes a sermos ...