terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Sobre o amor da sua vida!

O amor verdadeiro não tem dia nem hora para aparecer. Às vezes surge quando ainda temos 15 anos de idade e nos sentimos despreparados para tamanha responsabilidade. Às vezes aparece aos 55 e já estamos casados, com filhos e netos - então colocamos na balança e descobrimos que, talvez abraçar o amor verdadeiro seria perder muito do que hoje também é importante. A verdade é que muita gente vive ao lado de alguém que – embora não seja lá o seu grande amor, foi capaz de domesticar seu coração e lhe fazer (de certa forma) feliz. Constrói-se assim uma relação de conveniências e, se um dia o grande amor vier, talvez ouvirá: “Você demorou demais, veio tarde, e já não cabe mais em minha vida. Há pessoas demais envolvidas em tudo isso”. E o amor partirá de vez. Felizes aqueles que encontraram seus verdadeiros amores no momento certo e puderam construir suas vidas realizados e sem culpa. 

Thiago Mendes