domingo, 21 de novembro de 2021

Você tem as suas batalhas silenciosas

As pessoas que te veem assim, sorrindo e tentando levar a vida numa boa, não imaginam o que se passa aí dentro e não fazem ideia do esforço aplicado a fim de não desistir de tudo. No fundo você gostaria de voltar a acreditar nas pessoas, mas o temor de novas decepções ainda lhe tem sido paralisante. Você confiou e se entregou demais. Revelou seus segredos, se anulou por um tempo, sofreu todas as angustias possíveis sozinha e calada, até entender que aquelas flores eram de plástico e que seguir participando do espetáculo custaria tudo de si. Você voltou a sorrir, já ensaia novos voos e consegue se alegrar com a própria companhia, mas sim: ainda tem as suas batalhas silenciosas. 

Thiago Mendes 

Nenhum comentário:

A mão do ferreiro!

Eu já tomei muitas decisões erradas na vida. Errei em escolhas, priorizei o que é banal e tratei com desprezo ao que deveria dar valor. Já i...