quinta-feira, 4 de novembro de 2021

Que acabe logo

Às vezes a gente só quer que o conflito acabe logo. Se pensarmos friamente pode ser que descubramos que existem batalhas que se estenderam tanto que nem nos lembramos de como começaram ou o real sentido que elas têm. Às vezes a gente só deseja trégua e, se sairemos humilhados ou glorificados, já não importa – só queremos nos livrar da sensação de que estamos sendo perseguidos, atrasados, em débito, culpados, aflitos, enfim. Chega um momento em que a gente para e se pergunta: qual é mesmo o sentido de toda essa correria, de tanto esforço, renúncia, cansaço, suportando pessoas com quem eu não gostaria de conviver e fingindo que está tudo bem? É tanta pressão que de vez em quando a gente só quer que tudo acabe. Se possível, que acabe bem.

Thiago Mendes

Nenhum comentário:

A mão do ferreiro!

Eu já tomei muitas decisões erradas na vida. Errei em escolhas, priorizei o que é banal e tratei com desprezo ao que deveria dar valor. Já i...