segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Sobre a lealdade!

Seja leal, caro Joe. Faça bons amigos, use suas lágrimas para lavar a alma todas as vezes que isso se fizer necessário; jamais negue o estender de suas mãos quando alguém lhe pedir auxílio; reconheça suas falhas – pois assim ficará mais fácil superá-las; não dê lugar à soberba - ela chega sorrateira, disfarçada, mas pode nos transformar nas piores pessoas possíveis. Aprenda a viver e a ser feliz com o mínimo possível. Não seja egoísta. A vida aqui neste mundo não teria o menor sentido sem “o outro”. Ouça os mais velhos. Reaprenda os seus princípios. Seja leal, caro Joe. Seja leal.

Nenhum comentário:

Estou tentando aprender a ser grato a todo mundo.

Quem me perseguiu, fez-me mais astuto. Quem me humilhou, tornou-me mais humano ao experimentar a dor da vergonha. Quem não me assistiu, ...