domingo, 7 de dezembro de 2014

Sobre vencer a ansiedade!

Senhor, arranque esta ansiedade do meu coração. Ela tem sido como brasas que queimam meu peito; como um pano que sufoca minha face roubando-me o ar. Sei que Tu és o remédio. Ajuda-me em minha falta de fé, pois se de fato pertenço a Ti e se Tu estás no controle de todas as coisas; bem, então não há o que temer. A ansiedade se manifesta quando os meus lados ainda imaturos começam a ganhar força. Portanto, meu amado Senhor, todas estas preocupações não são fruto de Sua omissão, pois nunca És omisso. Mas elas vêm da minha pressa, desta minha incapacidade de aguardar, confiar e descansar em Ti. Refrigera a minha alma e que eu definitivamente aprenda o que já me ensinastes: “Basta a cada dia o seu próprio mal”. Amem.


Nenhum comentário: