segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013


O Soldado da Paz não conta apenas com as suas forças para vencer as batalhas da vida. Claro, ele é dedicado aos treinamentos, está sempre buscando melhorar sua conduta, procura ser o mais disciplinado do grupo, mas mesmo assim o guerreiro sabe que há momentos em que só é possível vencer, se as forças invisíveis estiverem ao seu lado. Seus companheiros não concordam. “Enquanto nós lutamos, ele medita”.   Mas o Soldado da Paz sabe onde buscar as suas forças e o tempo que foi gasto ali, em silêncio, valerá a pena. Quando volta ao combate, consegue mostrar as razões de sua ausência. Os outros se surpreendem a cada golpe. “Como ele consegue?” O Soldado da Paz sorri. “Consigo porque busco energias que vocês não conhecem e nem querem conhecer. Se abrirem os corações, poderão usar de forças que não possuem, e vencer batalhas que não venceriam sozinhos”. Os amigos parecem continuar céticos. Ele não se importa, respeita a opinião de cada um e torce para que um dia eles também sejam capazes de perceber aquele mundo que existe para todos, mas que só pode ser revelado aos que sabem enxergar com os olhos da fé.  

Thiago Mendes

Nenhum comentário: