segunda-feira, 4 de junho de 2012

Sobre o soldado que seguiu os pássaros!



Hoje sinto-me um pouco melhor. Ainda estou ajuntando meus cacos, assoprando brasas e tentando encontrar motivos para seguir em frente, mas minha alma parece fortalecida e disposta a começar tudo outra vez. Não é fácil ver todo o seu mundoaquilo que construiu em anos de luta e amor desabando de uma vez e, a você sem poder fazer absolutamente nada, resta a possibilidade de chorar. E chorei. Chorei porque senti a dor do golpe da espada da vida cortando minha carne e minha alma. Chorei porque quando mais precisei de uma melodia, meus pássaros haviam voado. E fui com eles. Eu também voei. Voei até os Céus, para ali tentar reencontrar o meu caminho e reencontrar a mim mesmo. Acho que estou conseguindo. reconstruí meu ninho, curei algumas feridas e estou retomando minha vida. não sabia que o caminho de volta é tão mais longo que o caminho de ida. Sim! Cair é um acontecimento, recomeçar é um processo. Espero que um dia voltem a me ver no campo de batalhas. Não tenho pressa de estar lá, mas não gostaria de morrer sem que estivesse com a espada na mão.

Thiago Mendes

Nenhum comentário: