quarta-feira, 20 de junho de 2012

Sobre as crises do nosso interior!


Nem sempre somos capazes de gerenciar as nossas emoções. O Soldado da Paz sabe que é em sua alma que acontecem as maiores batalhas. E enquanto o seu universo emocional se explore, o Soldado da Paz escolhe seguir por outra estradaele não quer atravessar pelas vias perigosas de seu interior. E é justamente nesta estrada tranquila por onde decide passar que ele aprende uma nova lição: não importa quão agoniante esteja sendo nossa jornada agora, sempre teremos a escolha de encontrar um caminho mais tranquilo e capaz de nos fazer felizes. E neste caminho outros companheiros que também estão fugindo de suas realidades. Um deles questiona:Não seria melhor voltarmos ao nosso ponto de conflito e enfrentar a realidade?. O Soldado da Paz está sentado à beira do caminho.Se voltarmos agora, diz com aparência tranquila,seremos úteis apenas para tornar o confronto ainda mais ardente. É melhor esperarmos até que nossas almas se aquietem. E é justamente isso que ele e seus companheiros exilados fazem. Não estão fugindo de seus conflitos por medo de enfrentá-los, mas porque sabem que neste momento é melhor esperar até que tudo volte ao normal. Eles fecham seus olhos e respiram fundo. Que cada um volte ao seu mundo e ali, sem medos, possam habitar em paz.

Thiago Mendes

Nenhum comentário: