terça-feira, 19 de junho de 2012

Sobre o posto e as falsas esperanças!


O arqueiro pega seu arco, algumas flechas e parte em direção ao campo de batalhas. Esteve em profunda meditação nos últimos dias e teve tempo suficiente para ouvir seu anjo.Um guerreiro fora de seu posto, explicara o protetor,é como alguém que se perdeu no caminho e não sabe para onde vai. O arqueiro sempre teve consciência de que, para ele, não outro lugar melhor para se estar. Embora seja constantemente ferido; tenha perdido vários companheiros e sabendo que no campo de batalhas a vida está sempre por um golpe, ele prefere estar ali.Aqui, ouvira o Soldado da Paz,é o lugar em que as nossas vidas mais têm valor, porque sabemos que a qualquer momento, poderemos perdê-la. É por isso que não quer mais gastar tempo com falsas esperanças. Irá dedicar-se mais à sua missão, ajudará companheiros feridos e se manterá firme em seu posto.

Thiago Mendes

Nenhum comentário: