segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Sobre a arte da demagogia!

O demagogo é aquele que é capaz de expressar com aparente sinceridade algo que está distante do seu próprio coração. Não há nada que para este não seja possível, mesmo que suas possibilidades sejam existentes apenas no campo de sua irrealidade.  O demagogo leva o outro a acreditar naquilo que nem mesmo ele acredita e é capaz de conquistar qualquer desatento apenas baseado em suas falsas verdades. Demagogia é uma arte que dura até que a tinta rala de suas figuras comecem a desbotar. Com o tempo todas as verdades são manifestas e é aí que o demagogo fica a pé, quase sem a quem enganar e impossibilitado em todas as dimensões de seguir em frente com seus bonecos de pano. O artista demagogo tem espaço em todas as áreas da sociedade: na política, na religião, no amor, em tudo. Onde há um tolo para acreditar, sempre haverá um demagogo para enganar. Suas armas são de cera, os seus dentes são de plástico, suas vozes são arrotos, e seus sonhos são de brisa.


Thiago Mendes

Nenhum comentário: