segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Sobre torres e poços!

Os tolos estão por aí - eufóricos, quase enlouquecidos desejando edificar torres!Elas são imponentes, altas, quase intransponíveis e podem ser vistas por povos que habitam outras terras. O pior é que estes tolos possuem argumentos suficientes para angariar colaboradores que os ajudem em suas megalomanias. “Venham, vamos edificar algo grande que seja capaz de surpreender nossos inimigos e de garantir um futuro longo e promissor”, gritam recebendo os aplausos eufóricos da multidão. Enquanto isso o Soldado da Paz cava seu poço, cresce para dentro e é obrigado a ouvir os comentários daqueles que só enxergam a vida de cabeça para baixo. “O que está fazendo? Ninguém saberá quem cavou este poço; você jamais será lembrado”, dizem em tom sarcástico. Mas o Soldado da Paz não se importa. Ele sabe que o mais importante não é quem cavou o poço, e sim, as pessoas que matarão a sua cede bebendo destas águas. O Soldado da Paz enxuga o suor que escorre pelo seu rosto e continua cavando sozinho. Ele chamou algumas pessoas para ajudá-lo, mas estavam todas ocupadas queimando tijolos para a torre e não puderam vir hoje. Vamos seguir cavando, se os invejosos os entulharem, cavaremos outros novos. 
  
A ideia é do Pr Giuliano Miotto, o texto é meu, a água é da Vida.

Receba meu carinho,
  
Thiago Mendes

Nenhum comentário: