terça-feira, 19 de janeiro de 2010

O CAMINHO SOBREMODO EXCELENTE




Depois de muitos anos de governo, o rei Arthur voltou à presença do sábio Merlin, seu instrutor.

- Procurei seguir minha consciência em todos os atos de meu governo – disse. – Espero que esteja satisfeito.

- Como trataste quem não acreditava em Deus? – perguntou Merlin.

- Com a severidade que merecem os incrédulos.

- E os que não honravam seus compromissos?

- Com a prisão, para não desmoralizar o trabalho de gente honesta.

- E como trataste as prostitutas?

- Com repressão, para evitar que o país perdesse a dignidade e a moral.

- Você não entendeu nada do que ensinei – foi o triste comentário de Merlin. – Precisava ajudar os mais fracos a mudar de vida, mas tudo que fez foi seguir o manual do bom comportamento.

PARA A VIDA:

“É sempre mais fácil jogar o objeto velho fora e comprar um outro novo, mas nem sempre este é o caminho mais excelente”.

Um beijo,
Thiago Mendes

Nenhum comentário: