sexta-feira, 14 de agosto de 2009

O Soldado da Paz, a cabana e o velho: mistério e sabedoria.


O Soldado da Paz avistou uma pequena casa ao longe, quase invisível.
“Vamos até lá”, disse virando Sanccor. Os companheiros demoraram a ver a cabana, e isto é porque sempre o olhar do líder vai mais longe, consegue ver soluções invisíveis aos olhos naturais.
Quando chegaram um homem velho com olhar disperso e livre saiu a porta para atende-los:

“Bom dia, jovens. Em que posso ajudá-los?”
Leonardo fez com que seu cavalo desse alguns passos à frente.

“Não estamos procurando nada, senhor. Apenas ficamos curiosos em saber quem morava nesta casa tão pequena”.

O velho neste momento sorriu.
“Aqui vive a sabedoria e você só a encontrou porque os olhos famintos pelo saber conseguem ver até mesmo em uma pequena cabana a oportunidade de descobrir coisas novas. Quem desejar ser sábio precisa ver em tudo um modo para aprender alguma coisa, até mesmo em coisas que parecem não nos oferecer nada”.



“O sábio não é aquele que possui respostas para todas as perguntas; e sim aquele que está disposto a mudar de direção para encontrar a sabedoria”.



Abraço Fraterno,


Thiago Mendes

Nenhum comentário: