sábado, 25 de abril de 2009

Onde estão nossos heróis?




Uma das piores perguntas que um povo pode fazer é esta: onde estão nossos heróis?

E hoje, vivemos dias em que os heróis estão perdidos em cima de montanhas, fugindo, amedrontados, escondidos de si mesmos. Nossos heróis estão em crise, deixaram a espada, abandonaram a capa. O povo fraco, espantado, de olhos arregalados se perguntam: onde estão nossos heróis.

O filho sempre enxerga no pai seu grande herói, mais hoje é possível que este filho esteja vendo o pai enfraquecido por alguma “criptonita” alcoólica, preso pelas portas de algum bar, rendido a algum taco de sinuca da vida. E infelizmente pela falta de heróis em casa, saem à procura de algum herói no bairro ou na rua de baixo e acabam encontrando o grande vilão da história e fazendo dele o seu herói. Quando o traficante vira herói o povo entra em risco. Isto acontece muito em favelas do Rio de Janeiro.
Onde? Onde estão eles? Para onde foram? Será que voltarão um dia?

Onde estão nossos heróis?

Nenhum comentário: