quinta-feira, 29 de maio de 2008

CASAS E TENDAS: UMA NOVA REFLEXÃO SOBRE BABEL E SEUS AMIGOS




Habitar em tendas não é sinônimo de miséria e sim de pura liberdade. Quando nossa alma é preza as edificações chamadas terrenas, ela sempre será uma alma escrava. Foi o Mestre dos mestre que disse: “Onde estiver o seu tesouro aí estará também o seu coração”.
Então se nosso tesouro estiver impregnado em construções fixas, seremos habitantes fixos de um lugar e não seres existencialmente livres para a vida que se movimenta todos os dias. Não podemos fazer da casa, algo mais importante que seu habitante. O importante não é o prato e sim o que se tem nele para comer. O mais importante não é o copo e sim a água que mata a sede, por isso, entenda que você é mais importante que qualquer construção fixada. Se olhamos para a Religião, ela constrói casas o tempo todo com seus prédios e Torres de Babel que ajuntam todos os homens que se alimentam da rigidez fixa das lógicas religiosas e saboreiam deste mesmo pão. Talvez seja por isso que a profissão do Apóstolo Paulo não era ser pedreiro, ou arquiteto e sim construtor de tendas. O Apóstolo construía tendas nos corações das pessoas. Jesus curava e não impunha requisitos de fixação. Depois da cura sempre havia o “vai-te em paz”, ou “vai e não peques mais”. Na tenda é sempre vai...pois o nosso tesouro está no alto, para onde caminhamos dia-a-dia, até o que o Dia chegue.

Pense nisso,

Thiago Mendes
Frase do dia: "Nenhum caminho é tão estreito quanto àquele que ainda não construi".

Um comentário:

disse...

O meu texto preferido é " Casas e Tendas" como você sabe... e eu me deliciei com esse novo!
Só posso dizer que desejo profundamente que Deus continue a ungi-lo e a tocar tão profundamente o seu coração, para que possa continuar cada dia mais a caminhar... levando sempre suas ovelhas com segurança e amor!!!