domingo, 2 de maio de 2021

O livramento!

Livra-nos Senhor de todos estes que amam a lã, mas desprezam as ovelhas. Que eles saibam, afinal, que quem planta indiferença, colhe solidão. Conduza-nos a relações verdejantes e promissoras. Leva-nos, como Bom Pastor, a amizades que sejam como águas tranquilas - que matam nossa sede e edificam nossas almas. Retirai de nós os fardos pesados da religião morta, exigente, narcisista, gananciosa e ingrata. Que Tua bondade e misericórdia estejam conosco por todos os dias de nossas vidas. Amém.

Thiago Mendes

 

Nenhum comentário:

O florescer!

Você ainda há de florescer. Sei que ouviu muitas palavras duras e que depois disso seu coração entristeceu. Também sei que nem sempre são as...