quinta-feira, 15 de agosto de 2019

A sutileza!

Não é ‘‘no braço’’, é no abraço. Não é a força do golpe, mas a habilidade de bater sem abater. Quando alguém precisa gritar pra ser ouvido, é porque já tornou-se, no mínimo, invisível.  Trabalhe a sutileza do gesto, mova-se em silêncio, na palavra branda, assertiva. Não é o pulo que alimenta o gato, mas seus passos quase imperceptíveis. Intuição, controle emocional e capacidade de perceber os detalhes farão toda a diferença.
Thiago Mendes

Nenhum comentário:

A sutileza!

Não é ‘‘no braço’’, é no abraço. Não é a força do golpe, mas a habilidade de bater sem abater. Quando alguém precisa gritar pra ser ouvido,...