quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Você não merece meu perdão!

Você nem sequer me pediu perdão. Também não estou com a mínima vontade de lhe perdoar. Claro, tenho meus muitos motivos e você conhece cada um deles.  Fui ferida, desrespeitada, seu egoísmo tornou-me invisível e, por muitas vezes, me senti um lixo. Mas decidi sair destes escombros emocionais, me levantar, me dar o valor que tenho, reconstruir minha vida e ser feliz de novo. E, embora meu coração nem peça isso, sei que liberar você faz parte do meu recomeço. Então, eu lhe perdoo. Mesmo que doa, que me venha a tentação de sentir-me injustiçada, de continuar enxergando aí o canalha que sei que você é – sim, eu te perdoo. Sem mais, com tudo – UFU!


Thiago Mendes

Nenhum comentário:

Quando encontramos lugar!

Um dia você vai acabar encontrando seu lugar. Mas lembre-se: lugares não são tijolos, cimento e telhados. Lugar é gente, aconchego, ...