quarta-feira, 10 de junho de 2015

Sobre a sabedoria do silêncio!

O Soldado da Paz, às vezes, sente-se só. Ele então olha à sua volta: está todo mundo ali. Nestes momentos nem mesmo seus companheiros mais próximos parecem compreender sua solidão. Ele tenta falar com os céus, mas não se sente ouvido. Busca comunicar-se consigo mesmo, mas seu coração está endurecido por alguma causa que desconhece e, portanto, segue incapaz de dar qualquer resposta. O vazio aumenta. Uma prece, algumas risadas forçadas, treinamentos desconcentrados pra tentar fazer com que o tempo passe mais rápido. Mas nem ele, o tempo, parece ajudar. O guerreiro então se lembra de um ensinamento antigo: “Quando o vazio surgir e você não encontrar a causa, talvez seja sua intuição tentando se comunicar”. O guerreiro decide se preparar. Pega sua espada, veste a armadura e faz de tudo para manter a concentração. Sua intuição pode até não estar dizendo nada, mas ouvidos atentos nunca desprezam a sabedoria do silêncio.
Thiago Mendes

Nenhum comentário: