terça-feira, 21 de abril de 2015

Sobre o choro, a queda e a missão!

O Soldado da Paz já chorou mais de uma vez. Em todas elas, sempre houve alguém que disse: “Ele é fraco. Chora por bobagens e não faz nem mesmo questão de esconder”. Mas o guerreiro enxugou suas lágrimas e seguiu em frente. O Soldado da Paz já errou mais de uma vez. Em todas elas, alguém disse: “Ele é falho como todos os outros e jamais irá se levantar”. Mas o guerreiro sacudiu a poeira de seus equívocos, reparou o que lhe foi possível e seguiu adiante. Ele aprendeu que todos os homens, mais cedo ou mais tarde acabam caindo, mas só os tolos permanecem no chão.

Nenhum comentário: