quinta-feira, 12 de março de 2015

Sobre o poder das cicatrizes!


O verdadeiro Soldado da Paz tem seu corpo cheio de cicatrizes. Isso porque não fugiu do combate. Isso porque não preferiu o conforto de sua tenda. Viver machuca. E o guerreiro está disposto a pagar o preço que a batalha exige. Cada cicatriz tem sua história. Tem sua dor. Tem sua glória. Quando cai, o guerreiro reúne forças, se levanta e segue adiante. Quando ferido, o guerreiro tira um tempo para refletir em seus erros e curar os ferimentos. Mas o tempo irá passar e o Soldado da Paz estará mais forte por dentro e por fora.

Thiago Mendes

Nenhum comentário:

Somos amor, suor e orgasmo!

Somos bondades e delitos que se entrelaçam, se aceitam e se equilibram. Os olhares, o sorriso – tudo em nós se comunica, se invade, se mistu...