quarta-feira, 11 de março de 2015

Sobre a mulher e o silêncio!

A Mulher de Fé tem se sentido só e carente nos últimos dias. Sua alma pede colo, seu corpo pede abraço, seus ouvidos pedem palavras e suas palavras pedem ouvidos. Mas parece não haver ninguém no mundo que esteja disposto a simplesmente parar tudo por um momento e estar ao seu lado. Ela tenta se esconder fazendo coisas. Se movimenta, muda os móveis de lugar, lava a louça, tenta fugir de qualquer reflexão, mas todas as vezes que se aquieta surge o silêncio e com ele aquelas mesmas perguntas: “Você é feliz? Fez as escolhas certas? Sente-se amada? Até onde vai sua coragem? Sente falta de uma vida cheia de maiores emoções?”. Nem uma destas perguntas tem resposta. Não hoje. Não agora.
Thiago Mendes

Nenhum comentário: