segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Sobre aprender a esperar!

Às vezes a Mulher de Fé sente-se insegura e sem saída, mas ela não desiste de seus sonhos. Aprendeu que o universo conspira a favor daqueles que são capazes de esperar. Sua alma incerta nem sempre aceita as dificuldades do momento. “Vamos buscar novas experiências”, ela diz. “Estou faminta, carente, já está mais que comprovado que este mundo que nos cerca jamais será capaz de nos realizar”. Mas a Mulher de Fé prefere dar ouvidos à outra voz, que há tempos não tem sido capaz de ouvir: “Espere. Eu estou contigo todos os dias até o fim”. Ela respira fundo e sorri. Seu coração está em paz.

Nenhum comentário: