quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Sobre tudo que se deve guardar!


Guarde o seu coração. Sim, é dele que procedem as fontes da vida. É a partir do nosso interior que gerenciamos todas as nossas decisões. É lá que geramos nossos sonhos, damos os primeiros passos de nossas decisões e decidimos entre amar e odiar, perdoar ou desejar o mal, abençoar ou amaldiçoar. Você sabe que não vale a pena guardar nada que gere peso e roube a paz. Guardar o coração, também significa colocar dentro dele apenas aquilo que o manterá bem. E não se esqueça de que o seu coração foi feito para guardar amor e nada mais. 

Nenhum comentário:

Somos amor, suor e orgasmo!

Somos bondades e delitos que se entrelaçam, se aceitam e se equilibram. Os olhares, o sorriso – tudo em nós se comunica, se invade, se mistu...