segunda-feira, 16 de junho de 2014

Sobre palavras que inundam a alma e alimentam o espírito!


Senhor, eu não quero escrever nada para mim mesmo, mas para Ti, razão de todas as coisas. Que cada uma destas palavras singelas que tens me conduzido a escrever aqui, possam alcançar os corações daqueles que, dispersos, buscam a Ti, mesmo que em lugares áridos e distantes. Encontre-os Senhor, e refrigere-os com a Tua paz. Que cada verso seja uma fagulha de luz àqueles que vagam sem direção e alimento a todos os que, estando fracos, necessitam de pão. Ajuda-me meu guia e Senhor, pois necessito de Ti. Sei que estas palavras só terão efeito nos corações, se estiverem cheias de Tua vida. Sem o Senhor nelas, serão apenas palavras soltas ao vento sem nenhum efeito transformador, mas carregadas de Tua presença, podem inundar a alma e alimentar o espírito. 

Nenhum comentário: