terça-feira, 27 de maio de 2014

Sobre coisas como a velhice, o medo e o amanhã!


A Mulher de Fé tem sido constantemente visitada por um estranho medo do amanhã. Ela sabe que um dia a vida começará a levar as pessoas que mais ama e teme não estar preparada para liberá-las. Coisas como a velhice, as mudanças que ela trás consigo e a solidão dos últimos dias ainda parecem muito difíceis de serem aceitas. Ela sabe que a vida nos dá muitos presentes, mas chega o momento em que começa a cobrar cada um deles. E nos cobra levando a força de nossos braços, as pessoas que mais amamos, e os sonhos que alimentamos por todos os nossos anos. A Mulher de Fé não sabe muito bem o que fazer, mas ouviu alguém dizendo que quando amamos muito e cuidamos da melhor maneira possível de cada um destes presentes, as cobranças parecem mais brandas ou mais fáceis de serem aceitas. E é justamente isto que irá fazer. Amará e cuidará de tudo o que a vida, generosamente, tem lhe entregado nestes dias.



Nenhum comentário: