terça-feira, 26 de novembro de 2013

Sobre o amanhã e suas incertezas!


O verdadeiro Soldado da Paz sabe que não deve temer o amanhã. Ele já se sentiu inseguro quanto ao futuro, mas descobriu que quando se tem fé, o pior dos desastres o levará ao Paraíso. Às vezes estes sentimentos de insegurança surgem no terreno de sua alma, aí guerreiro pega a espada e vai afiá-la do lado de fora da tenda. “Está deprimido”, diz um de seus homens. “Não, ele deve estar buscando direção para o combate de amanhã”, diz outro. Nenhum deles tem razão. O Soldado da Paz afia sua espada justamente para tentar não pensar no amanhã e em suas incertezas. Não está triste, não se sente só, nem está com medo. Apenas prefere fugir de certas reflexões. Sabe que só ficará por aqui até o dia em que ainda tiver algo de importante a realizar – depois disso estará liberado para bater suas asas e voar. E tudo o que mais deseja é estar preparado para o dia em que as gaiolas de sua eternidade se abrirem. Ele voará em paz. 

Thiago Mendes

Nenhum comentário: