sábado, 3 de agosto de 2013

Sobre o homem que catava moedas!

Dizem que há muitos e muitos anos atrás, certo jovem recebeu um grande poder: todas as vezes em que ele se curvava ao chão, algumas moedas de ouro surgiam milagrosamente diante de seus olhos. Era simples: se ele se curvasse, as moedas apareciam e podia pegá-las e guardá-las. Ele se empolgou. Arrumou uma sacola e saiu catando as suas moedas. O homem construiu um cofre enorme onde as guardava e como sabia que quanto mais curvado ficasse, mais moedas pegaria, começava logo cedo. O problema é que ninguém podia fazer o trabalho. Os poderes mágicos estavam nele. A lenda diz que por longos e longos anos aquele homem passou dias e dias sem descansar, sem dormir direito - porque sabia que cada segundo dormido eram moedas a menos em seu cofre, não gastava tempo com mais nada porque dizia que todo tempo gasto lhe era prejuízo. Até que um dia, diz a lenda, ele se encontrou com um sábio que passava por seu caminho. “Agora pegue todas as moedas que juntou e tente comprar com elas os anos que perdeu”, disse. O catador de moedas parou um pouco e pensou nos longos anos que gastara. Ficou profundamente triste, mas imaginou que era tarde demais para retornar. Ninguém sabe direito o que ele fez. Mas ainda hoje há muitos de nós que vivemos encurvados catando moedas e infelizmente nos esquecemos de viver. “Pegue todas as moedas que juntou e tente comprar com elas os anos que perdeu”. Pense nisso! 

Thiago Mendes

Thiago Mendes prepara o lançamento do livro que reúne os melhores textos publicados aqui na coluna. Curta: www.facebook.com/thiagomendesbrasil 

Nenhum comentário: