quarta-feira, 20 de março de 2013

Sobre os rabiscos do universo!


Mais uma noite. A fogueira acesa, as estrelas tímidas enfeitando o céu infinito, o cansaço de mais uma batalha mal terminada, e ali, juntos, a busca incessante por respostas que talvez nunca surjam. Um dos guerreiros respira fundo. “O que vai acontecer depois da guerra?” O Soldado da Paz também parece cansado. “Estamos tão acostumados ao combate, que nos tornamos incapazes de viver sem ele”, diz. “Por mais cansados que estejamos, aqui está a nossa vida. Nossos sonhos foram enterrados neste chão e é aqui que devemos encontrá-los”. Um jovem de olhos brilhantes faz sinal que deseja falar. “Tenho medo de que tudo acabe subitamente sem que eu tenha as respostas que procuro”. O Soldado da Paz sorri. “Algumas respostas, meu amigo, só virão depois que tudo acabar subitamente. Por enquanto o que lemos são apenas os rabiscos escritos pelo universo. Certamente um dia seremos capazes de ler os seus mistérios”. Os homens se levantam e vão para suas tendas. Não foi hoje que conseguiram ler os rabiscos do universo. Quem sabe um dia, as estrelas também sejam capazes de trazer mais respostas do que perguntas. Será?

Thiago Mendes

Nenhum comentário: