sexta-feira, 22 de março de 2013

Sobre o baile das nuvens!

Você já parou para observar como as nuvens se ocupam em passear pelos céus sem se preocuparem com a posição ou forma perfeitas? As nuvens são como a vida: nunca sabemos exatamente qual será o seu próximo cenário. Vezes desenham nossos fantasmas, vezes desenham nossos heróis, e é justamente este baile sem compromisso com linhas ou formas que faz da vida e das nuvens algo tão poeticamente encantador. Talvez se as nuvens estivessem preocupadas em construir desenhos perfeitos, suas linhas não seriam tão espontaneamente belas. Às vezes penso que gastamos tanto tempo planejando nossos passos que acabamos roubando de nós mesmos a oportunidade de sermos geniais. De vez em quando devemos vagar sem rumo pelos céus de nossas almas, e isso, sem nos preocupar com as formas que surgirão de tal entrega. Ali, certamente aparecerão nossos retratos, e não nossas pinturas. Que por dentro, sejamos belos como as nuvens e livres como a vida.

Thiago Mendes

Nenhum comentário: