quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Sobre coisas ruins às pessoas boas!


Outro dia eu disse a um jovem que desejava a ele um dia abençoado por Deus. Fiquei surpreso com a sua resposta. “Não gosto mais de Deus”, disse, “não me importo mais com Ele”. “Não importa”, respondo, “Ele continua te amando da mesma maneira”. O jovem se irrita. “Se me ama, porque abandona os teus filhos, não responde suas preces e os deixa jogados pelo mundo?” Sou obrigado a respirar por alguns segundos. Passo a mão no rosto, penso em cada episódio que consigo me lembrar em minha própria vida onde eu me senti abandonado e onde eu mesmo, que ensino o Caminho Sagrado desde muito novo, cheguei a imaginar que Deus não se importa conosco. “Deus sabe o que é melhor”, argumento, “quando não responde nossas orações é porque deseja ensinar-nos que alguns passos, somos capazes de dar sozinhos. E aí ensina-nos a perseverar e que em alguns momentos precisamos saber que se Deus não está dando agora é porque esta benção poderia ser, neste momento, uma maldição. Se Ele nos jogou neste mundo foi para que façamos dele um lugar melhor”. O rapaz não diz mais nada. Espero que tenha aprendido a lição: Deus tem os seus caminhos e nem sempre estamos preparados para compreendê-los ou explicá-los.

Thiago Mendes

Nenhum comentário: