quarta-feira, 23 de maio de 2012

Sobre o cansaço e a missão!


Muitas vezes sentimo-nos cansados a ponto de desejar não continuar a batalha. Isso acontece principalmente quando a missão parece se tornar difícil demais, e a cruz, aparentemente impossível de ser carregada. Mas o Soldado da Paz aprendeu que no fervor da batalha não existem cansados. Já enfrentou situações em que imaginava não conseguir e encontrou uma força sobrenatural enquanto dava golpes instintivos e acabou conquistando vitórias importantes. “Desta vez não será diferente”, pensa enquanto segue de cabeça baixa para o campo. Hoje não está indo por amor, ou pela alegria de estar ao lado dos companheiros, mas por necessidade. Sua vontade era permanecer na tenda, recompor suas forças e, talvez lutar depois. Mas o Soldado da Paz sabe que neste momento é melhor enfrentar sua Cruz e o seu próprio desânimo. Claro, os primeiros golpes serão pesados e lentos, mas com certeza, chegará o momento em que nem se lembrará mais de seu desânimo e pode ser que conquiste mais uma importante vitória.

Thiago Mendes

Nenhum comentário: