terça-feira, 6 de março de 2012

Sobre a visita do adversário!

O inimigo resolveu me afrontar pessoalmente. Sua figura não está tão assustadora como conhecemos. Usa terno, cabelo bem penteado e um sorriso sarcástico e sedutor. Parece simpático e muito inteligente.
Não é necessário seguir totalmente o caminho ordenado por Deusdiz.Ele exige demais dos pobres pecadores.
Mas se não o fizermos, iremos na direção contrária à nossa Realização Pessoalrevido. os que caminham pelo estreito vale de Sua vontade serão completamente realizados.
Ele uma gargalhada. Não desiste tão fácil.
Não é preciso sofrer por causa dos outros. Cada um deve viver a sua vidainsiste.
Na vida tudo é sementeretruco.Se não sou capaz de sofrer com ninguém, tampouco alguém neste mundo será capaz de sofrer comigo quando eu necessitar.
Ele se cala por um instante. Deve ter alguma arma ainda antes de voltar para as profundezas. Durante seu silêncio que dura apenas alguns segundos sou capaz de sentir o cheiro do ódio que o permeia.
o vi chorando algumas vezes. Achei-te um tolo. Chorar é para fracos.
Eu penso em não responder, mas meu orgulho não permite.
Sim, realmente sou fraco; que descobri que o choro é uma das únicas coisas que é capaz de lavar a alma. Foi em momentos de fraqueza que fui capaz de deixar que as lágrimas lavassem as piores coisas que infernizavam o meu interior. O choro é capaz de levar no rio de lágrimas o ódio e fazer brotar na mesma fonte novas gotas de amor.
Ele mais uma gargalhada.
Amor? Vocês não sabem nada sobre o amor! Vejo o que fazem o tempo todotendo inveja das pessoas que dizem amar, vejo que usam aqueles que lhes fazem o bem e traem a confiança daqueles que lhes são mais fiéis.
Por um momento sinto minhas forças acabarem. Ele tem razão. Respiro fundo.
Sim, e é justamente para isso que serve o amor: para compreender a fraqueza do invejoso, para perdoar a maldade daquele que recebeu o bem e para dar uma nova chance para os que receberam a confiança, mas devolveram com traição. O amor é para isso e é capaz de cobrir uma multidão de pecados.
Neste momento ele desaparece, mas sei que vai voltar. Não sei quando e nem com que cara virá, mas virá. Ficou uma lição sobre o amor: ele compreende o fraco, perdoa o mau e uma nova chance aos traidores.

Thiago Mendes

Nenhum comentário: