sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Sobre a voz do amor!

O arqueiro demorou um pouco para aprender a língua de seu arco. No início, a comunicação entre eles era praticamente impossível. Havia mal entendimento, não conseguiam saber direito o que o outro estava pensando e o final era sempre a fecha longe do alvo. Aí decidiram não atirar até que tivessem um entendimento claro um do outro. Os exercícios foram iniciados: falavam sempre mais lento, não desistiam de estabelecer a comunicação até que se sentiam completamente bem compreendidos, e aprenderam que não adianta falar por falar: é necessário transmitir uma mensagem! Depois de terem desenvolvido bem a linguagem de palavras, ambos, arco e arqueiro, decidiram que era hora de elevarem o nível – aprenderiam a linguagem do coração. A partir daí, aprenderam a linguagem do silêncio, do amor e da fé. Foi aí que começaram a atirar sempre na mesma direção e por mais que as vezes ainda errassem o alvo, compreendiam o porque de terem errado e tentavam se acertar. O Soldado da Paz sabe que enquanto não somos capazes de entender a linguagem falada ou sentida das pessoas que estão ao nosso lado, não seremos capazes de nos sentir realizados ao lado delas e nem de realizá-las ao nosso lado. E tudo isso só é possível quando nos dispomos a aprender a ouvir a voz do amor!

Thiago Mendes

Nenhum comentário: