quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Sobre o jeito, a força e o golpe perfeito!

Era ainda muito cedo quando o guia espiritual acordou com o barulho do machado surrando as toras de lenha. O velho caminha até a janela para assistir ao seu aluno Jávier suado dando machadadas na madeira, sem conseguir praticamente nenhum sucesso. “O que está fazendo, rapaz?”, grita o guia. “Estou procurando o golpe perfeito”, responde. “Vi como ontem o senhor rachava toras grossas com apenas um golpe”. O velho se ajeita na janela: “tanto na vida como na arte de cortar madeiras com o machado, os golpes vão se aperfeiçoando com o tempo”, diz. “Quanto mais treinamento, dedicação, disciplina, menos erros”. O jovem dá mais uma sequencia desesperada de golpes. A tora de madeira parece não sentir nada. “As coisas nem sempre acontecem baseadas em quanta força aplicamos sobre elas; com o tempo vamos aprendendo que nossa força é capaz de mudar apenas algumas realidades, mas a grande maioria só pode ser mudada com o nosso jeito”. O jovem parece não admitir. O guia prossegue: “o golpe perfeito está escondido no meio de milhares e milhares de golpes errados. E aquelas toras de ontem já estavam rachadas, por isso se dividiram apenas com um golpe e eu só fiz aquilo para te ensinar uma lição: jamais queira fazer algo apenas porque viu outra pessoa fazendo. Se você deseja ser um Soldado da Paz, aprenda a fazer aquilo que você mesmo deseja”.

Thiago Mendes

Um comentário:

A caminho da terra prometida disse...

Post perfeito.DEus o abençoe, eu postei no meu facebook, junto com o endereço do Blog.Abraços