quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Sobre iscas e oportunidades!

Jávier esta terminando suas tarefas com a limpeza da cabana quando seu guia espiritual diz que irão pescar neste final de tarde. Arrumam varas, preparam iscas e partem juntos para o riacho próximo dali onde o velho costuma pescar uma vez por semana. “Não sei preparar iscas”, diz o moço desajeitado com o anzol tentando segurar a minhoca em suas mãos. O guia espiritual sorri. “O que quer que eu faça?”, pergunta o velho enquanto arranca o primeiro peixe do córrego. “Quero que coloque a isca em meu anzol!”, responde o moço já impaciente com os mosquitos que começam a rondar seus ouvidos. O guia pega o anzol do moço, finge colocar uma isca e volta a pescar em silêncio. Pega mais um peixe, outro, e mais outro. Enquanto isso Jávier não sente nada beliscar o seu anzol, então pede para trocar de lugar com o mestre. “Tudo bem”, diz o velho com voz cínica jogando o anzol exatamente no lugar onde o de seu aluno estava. Poucos segundos depois o velho já pega um peixe grande. “Qual o seu segredo?”, pergunta Jávier mostrando-se irritado e impaciente. “Meu segredo é que eu não quero que os outros façam por mim aquilo que só eu devo fazer”, começa. “Seu anzol está sem iscas e jamais pegará um peixe assim. Aprenda algo: iscas são como oportunidades em nossas vidas. Enquanto alguns estão esperando que alguém lhes dê de graça, outros estão criando-as. Aprenda a iscar seu próprio anzol e irá atrair para sua vida aquilo que você deseja”. O velho se levanta e diz que aqueles peixes já são suficientes para o jantar. Foi assim que Jávier aprendeu sobre iscas e oportunidades.

Thiago Mendes

Nenhum comentário: