terça-feira, 27 de setembro de 2011

Sobre como tudo acontece!

Escrever o Diário de um Soldado é sempre uma grande emoção. Levanto-me bem cedo, oro, medito na Bíblia e em um capítulo do livro que estou terminando de ler. Às vezes eu mesmo faço o café, a Fran ainda está espalhada, preguiçosa, lá na cama e prefiro deixá-la mais um pouquinho por lá. Sei que ela terá muito trabalho durante todo o dia. Sento em frente ao computador sem nenhuma ideia. Nada! Vasculho rasamente os caminhos mais curtos de minhas lembranças. Nada!  Olho para a xícara com café ao lado do computador. Calada! Passo a mão na cabeça, respiro fundo, vejo o Israel na cama, o Emanuel no berço (meus filhos). Preciso escrever! Tento ter algum pensamento positivo. “É maravilhoso sentir os leitores no mesmo dia, na mesma hora”, me exercito. “Nos livros isso seria impossível”. Aí, desisto de ter uma ideia. Finalmente começo escrever. Uma palavra aqui, que ao lado de outra vira uma frase acolá. Amor, esperança, batalhas, todos somos Soldados da Paz, as dificuldades da vida, o dia de amanhã, o bem e o mau, fé, frustração, fidelidade, honra! É preciso uma frase de efeito pra fechar. Vamos ver! A vida não tem a obrigação de nos dizer o que devemos fazer; ela já nos deu as ferramentas certas. Agora cabe a cada um de nós construir o seu próprio caminho.

Quase sempre, é assim que acontece!

Compartilhe com seus amigos e se o Diário de um Soldado tem sido importante pra você, comente!

Abraço Fraterno,

Thiago Mendes

Nenhum comentário: