quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Sobre a Loucura


Só um louco passaria sua vida inteira praticando loucuras. E só um mais louco ainda passaria a vida toda sem praticar nenhuma! Não podemos viver fazendo besteiras, nem podemos viver sem jamais ter feito uma. O Soldado da Paz sabe que o pondo mais próximo da perfeição é o equilíbrio. Coisas como bom senso, noção da diferença entre bom, ótimo e excelente e coragem para assumir o peso das loucuras pessoais, nos ajuda a ter sempre muito mais cautela antes de fazer alguma bobagem. Antes de tomar qualquer decisão, o certo é medir as conseqüências e entender que ninguém precisa dos erros para viver. O melhor é evitar o mal, principalmente quando o louco não é o único a ser atingido pelas conseqüências do deslize.

Quem lê entenda,

Thiago Mendes

Nenhum comentário: