terça-feira, 14 de setembro de 2010

DESTINO

Cada Soldado da Paz constrói o seu próprio destino. É verdade, Deus nos entregou esta dádiva. O Israel agora deu para ser super-herói. Está fazendo de tudo para chamar a atenção, já que ele, de esperto que é, sabe que o irmãozinho ou irmãzinha vai ocupar muito do seu espaço. Fiquei olhando nele ontem à tarde sem dizer nada enquanto ele colocou a espada do “Soldado da Paz” enfiada na calça e vestiu uma enorme capa vermelha. “Papai, eu comi tudo, agora posso ser super-herói?”. Eu olhei com amor. “Ele não sabe o tamanho da responsabilidade que um herói tem. Talvez se soubesse estaria vestido de qualquer outra coisa”, pensei. Respirei fundo. “Você está lindo filho. E bastante forte também”. Ele saiu rodopiando pela casa com aquela capa enorme. Se meu pequeno deseja ser um herói, ele poderá ser, cada um pode escrever seu próprio destino. O verdadeiro herói da vida é aquele que não tem nenhum super poder, mas que enfrenta as batalhas do dia a dia com dignidade. Não é ter olhos de raios-X, e sim, ter olhar de misericórdia com o necessitado. Não é ter um braço de aço, e sim, um braço estendido para quem estiver caído. Não é ter a capacidade de voar, mas estar disposto a sair voando todas as vezes que puder ajudar alguém. Ser super-herói não significa ser indestrutível, e sim, capaz de se reconstruir depois de uma grande derrota. “Papai, cansei de ser super-herói, quero ver desenho”, disse ele tirando a capa e jogando a espada em algum canto. “Claro filho”, respondi. “O verdadeiro herói é aquele que está livre para tudo, inclusive para escolher dar um tempo em sua missão e ver um bom desenho”, pensei comigo mesmo.
 Beijo,
Thiago Mendes
Escreva você também para o Thiago Mendes: thiagomendes@nacaoprimitiva.com

Nenhum comentário: