quarta-feira, 18 de agosto de 2010


O Israel e eu ontem nos deparamos com uma incrível colméia das pequenas Abelhas Jataí. A particularidade desse tipo de abelhinha é que em suas colméias fica uma pontinha para fora. Ele me olhou com olhos grandes e arregalados:
- O que elas fazem aí nesse buraquinho, papai?
- Estão entrando na casinha delas, meu filho!
- Há - respondeu ele como se entendesse muito bem o que eu quis lhe dizer.
 Aí voei para minha infância e fui até o antigo “angicão” – uma árvore velha que fez sombra para meus primeiros anos e que tinha nela uma colméia semelhante à que o Israel e eu descobrimos ontem. Eu também ficava – na minha infância – tentando decifrar para ontem aquelas mine-abelhas entravam. Meus tios mais velhos diziam que elas estavam lá desde a infância deles.
 O que desejo ensinar é que devemos aproveitar todos os nossos momentos, por mais singelos que eles pareçam ser. Se assim nós fizermos, nossa vida será mais doce que o bom mel das pequenas abelhas jataí. Dos menores momentos podem sair às coisas mais doces de nossas vidas – pois é destas menores abelhas que sai o melhor mel.
 Que seu dia seja doce e abençoado,
 Thiago Mendes

Nenhum comentário: