quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

EU FAÇO DE TUDO PARA ESTAR CERTO


O demônio caminhava por uma trilha no meio de dois campos, onde lavradores colhiam uvas.

“Vou semear um pouco daquilo que os seres humanos mais gostam: ter razão no que dizem”, pensou.

Colocou um chapéu onde a metade direita era verde, e a outra metade amarela.

“Sigam-me para encontrar um tesouro!”, gritou para os camponeses. Depois, escondeu-se atrás de uma árvore.

Os trabalhadores correram para a estrada.

“Vamos seguir o senhor de chapéu verde”, disseram os homens do campo à direita.

“Vocês estão querendo nos enganar: devemos seguir alguém de chapéu amarelo!”, gritavam os homens do campo à esquerda.

A discussão aumentou. Meia hora depois, os lavradores haviam esquecido o tesouro, e se matavam a golpe de foice”, para ver quem tinha razão sobre a cor do chapéu.

PARA A VIDA:

“O mais importante jamais será provar para os outros que estou certo e sim que eu mesmo saiba disso de todo coração”.

Com carinho, sem querer ter razão,

Thiago Mendes

Nenhum comentário: